canção líquida

há dias que os ventos trazem o azedume da saudade
há dias que desconheço até sua cidade
depois da meia noite sou cansaço
(e espero seu abraço)
na manhã seguinte te peço um espaço
outro dia te supliquei palavras
logo em seguida apaguei com a borracha
quarta-feira te escrevi
quinta-feira me arrependi
mês passado te levei à praia
esse mês te afoguei, arraia
duas semanas atrás sonhei com você
essa semana nem quis te ver
ano que vem te desejarei como dias atrás
e no outro ano serei lamento dessa paz

isso não é sobre você
é sobre mim