Como eu sobrevivi aos 21

Eu sei, crescer dói. Pode acreditar, eu sei muito bem disso. Tenho inveja dos colegas que amadureceram precocemente ou abstraíram todo esse processo com vídeo-games e diversão. E como não sou forte o suficiente, fui obrigado a me adaptar. E caro leitor, principalmente os que estão chegando aos 21, não é fácil lidar com essa transição…

Pensando nisso criei uma especie de 'manual' bastante amador baseado na minha fase de mutação.

Basicamente são 5 passos bastante simples que você deve focar durante seus 20/21 anos. Então, coloque esse disco pra tocar e lá vamos nós!


I - Está na hora de abrir aquela caixa velha jogada na garagem.

Sabe aqueles brinquedos de infância que você gostava tanto? Aqueles cartuchos do seu vídeo-game favorito e aqueles CDs de bandas que você ouvia na quinta-série? Ou então aquele album de formatura da turma mais legal que você já conheceu? Dedique algumas horas do seu fim de semana, se possível o dia todo, para as sensações que esses itens são capazes de te proporcionar. As boas, as ruins, os calafrios, os ataques de risos e principalmente as lagrimas de saudade. Nostalgias e traumas, esse o momento certo de encará-los.


II - Guarde o que for bom, dê o que for valioso.

Eu sempre fui uma pessoa bastante ligada a música, pensando nisso guardei as fitas k7, CDs e LPs mais dificeis e impossíveis de se encontrar. Se você continua ligado e interessado em alguma área, seja música, literatura, cinema, artes plasticas ou até games, guarde, pois futuramente aquilo pode ter um valor intelectual bastante elevado, sem contar que você poderá ter o prazer de mostrar aquilo para os seus filhos.

Sabe aquele presente que você ganhou de uma pessoa muito importante ou aquele filme ou disco que te trás aquele aperto no coração? É dificil, mas se é algo verdadeiramente valioso, passe adiante. Dê esse prazer a alguém. De preferência alguém muito próximo.

Esse é um momento dificil, mas basicamente o que eu estou tentando aconselhar é: se desprenda do passado. Você ainda não disponibiliza de um super cérebro para armazenar e categorizar o nível de relevância de tudo que você já viu. E a melhor maneira de deletar tudo isso, é as ignorando. Elas perdem totalmente o sentido quando ignoradas. Eu disse, não é fácil.


III - Saudosismo Sux! Sério, não se deixe levar pelos discursos de seus pais, tios e avôs.

Vamos lá, qual foi a última vez que você pediu, por exemplo, um conselho amoroso para seus pais ou seus avôs que fosse coerente dentro do contexto atual em que vivemos? Não é diferente com valores culturais. De inicio soa bastante agressivo o que eu disse, mas deixa eu te explicar melhor: Sabe aquele tipo de discurso em que começam com a frase 'na minha época'? Então, esquece. Não existe a 'minha época', eu posso até engolir 'minha juventude' ou e 'minha infância', porque pode representar nossoo estado fisico ou de espirito. Mas tenha em mente uma coisa muito importante: A SUA ÉPOCA É AGORA ATÉ A HORA DA SUA MORTE.

Livre-se daquela postura saudosista onde as coisas do passado são melhores do que as atuais. Livre-se dos preconceitos com as atuais e futuras gerações. Nossos avós provavelmente não aprovaram nossos pais dançando New Order ou James Brown, nossos pais não entendiam Nirvana e Mamonas Assasina. Não cometa esse erro com o seus irmãos que estãoouvindo o novo disco do Green Day e Justin Bieber. Na real, ninguém tem que aprovar nada, cada um tem que curtir o seu momento e fazer o que te faz bem. Simplesmente respeite. E se possível, aproveite.


IV - Aproveite ao máximo a sua última fase de desenvolvimento cerebral.

Agora que a casa está limpa, você pode reorganizar os moveis e quem sabe colocar outros o lugar. Seja sincero com todos ao seu redor, mas principalmente consigo mesmo. Essa é a hora em que a ficha precisa cair. Nesse período nosso cérebro inicia a última fase de desenvolvimento. E basicamente é o melhor período para tomarmos atitudes importantes para o nosso futuro. Sim, agora. Não deixe a vida te levar e nem empurre os 20 com a barriga na ilusão de que os 30 estabilizará a sua vida em todos os sentidos. Os 30 é o início do fim (hehehe). A hora de correr atrás de estabilidade, carreira, parceiro(a) é agora. E vai ser natural errar. Resumindo, faça a ficha cair. Vai bater aquela sensação de solidão, vazio e insegurança. Mas continue lendo…


V - Preenchendo o espaço da velha caixa de brinquedos.

Acredite, todos os dias pessoas como eu, como você, se sentem mal representadas atualmente. E a única solução é ir atrás do que melhor te represente, intelectualmente/culturalmente falando. Ainda existem filmes excelentes, ainda existem livros excelentes, ainda existem músicas excelentes! Só falta você ir atrás! Todos sabemos que a mídia nos deixa com a visão ofuscada de tanto hype e conteúdo mainstream, mas não deixe que isso se transforme em motivos de depressão saudosista. E mesmo assim, você pode descobrir uma tribo nova, ou algum outro movimento, inclusive do passado, que te represente. Mas tenha em mente de que a SUA ÉPOCA É AGORA.

Substituir aquele espaço vazio vai te fazer se sentir uma nova pessoa e então passará a encarar melhor o fato de que você está envelhecendo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated MacLovin’s story.