Doce Medo

Duvida, grande duvida

Que vem de dentro pra fora, dilacera minha alma, me corrói a carne…

Incerteza, grande incerteza, sem chances de ser exata, abstrata, vai e vem, vem e vai

Até que cai, me faz cair, sorrir, fingir, seguir…

Medo? Sem segredos, obscuro, cruel, aumenta a duvida, extravaga a incerteza, sem delicadeza, apenas trás frieza…

Like what you read? Give Ivanka a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.