Sentimentos…

Ando devagar e tenho pressa,

Quero chegar e não consigo.

Quero gritar, mas me calo.

Quero chorar, mas grito.

Dói meu peito,

Ferida,

Perda, dor, saudade

Dilacera minha alma.

Um caminho solitário,

Tu já não andas ao meu lado.

Porque? Cade aquele amor? Seu calor?

Em chamas vem um ardor, não combina nada com o amor. Mas sigo em um cubículo corredor, correndo, correndo.

E esse sentimento, apenas vai morrendo…

Like what you read? Give Ivanka a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.