Considerações (com spoilers!) sobre Homem-Aranha: De Volta ao Lar

2017 está sendo um ótimo ano para os filmes de super-heróis. Todos os exemplares do gênero lançados neste ano não só foram muito bons, como trouxeram alguma novidade a um tipo de filme que muitos críticos mais ranzinzas já consideram esgotado. LEGO Batman mostrou que o Cavaleiro das Trevas também sabe se divertir, Logan apresentou os últimos dias de um super-herói quase que em ritmo de western, Mulher-Maravilha acabou de uma vez por todas com a pataquada de que super-heroínas não atraem público e Guardiões da Galáxia vol. 2 cavou ainda mais fundo na mistura de personagens cósmicos obscuros, comédia e rock oitentista para construir uma história sobre família.

No meio disso tudo, temos a esperadíssima estreia solo do Homem-Aranha no universo cinematográfico da Marvel. Enquanto notícias sobre possíveis filmes produzidos pela Sony estrelando coadjuvantes e vilões do Amigão da Vizinhança pululam internet afora, De Volta ao Lar vem sendo visto como o retorno do Aranha à excelência cinematográfica depois de três longas-metragens claudicantes. É de fato um filmaço, e como fiz com Guerra Civil listei abaixo alguns pontos que pensei durante e depois de assistir.

  • A Marvel inventou em Homem-Formiga a cena pré-créditos, um breve prólogo que aparece antes até mesmo do logotipo do estúdio. A Sony, porém, estragou a brincadeira ao fazer questão de que seu nome aparecesse antes inclusive desta cena.
  • Talvez o grande acerto do filme seja enfim mostrar Peter Parker como ele é nos quadrinhos: um jovem que carrega o peso do mundo nas costas, e por sempre tentar ajudar a todo mundo acaba nunca conseguindo ajudar a si próprio: mente para a tia, deixa a namorada esperando, toma bronca do mentor/patrocinador, perde provas na escola. E ainda assim não perde o bom humor.
  • São creditados nada menos do que seis roteiristas (o que, pelo que eu conheço de Hollywood, significa que pelo menos duas dúzias de escritores deram pitacos no roteiro). À primeira vista, parece repetição dos erros que tiraram Sam Raimi da franquia e afundaram o reboot estrelado por Andrew Garfield. Aqui, porém, isso parece menos confusão e mais reflexo da mentalidade de “sala de roteiristas” da Marvel. Fora que temos uma história coerente, com personagens bem definidos e sem cenas que se contradizem, como aconteceu nos dois Espetaculares.
  • Muito tem se dito que o Abutre de Michael Keaton talvez seja o melhor vilão da Marvel desde Loki… e olha, é bem capaz de ser mesmo. (Embora, se incluirmos seriados na conta, ele ainda fique atrás do Rei do Crime e do Homem Púrpura.) Tão bom que ninguém percebeu que temos mais um filme em que o bandido é uma figura paterna que descobre a identidade secreta do Homem-Aranha…
  • O sonho de Peter Parker é entrar para os Vingadores, Tony Stark por não considerar que o jovem aracnídeo ainda não stá pronto. Mas depois de Guerra Civil, quem sobrou na equipe? A equipe do Capitão América tornou-se fugitiva, o Máquina de Combate está em recuperação, Thor e Hulk estão no espaço enfrentando o Ragnarok e o Pantera Negra não chegou a se tornar membro do grupo. Sobram o Homem de Ferro, o Visão e a Viúva Negra — se é que ela continua no grupo depois de ajudar o Capitão América a fugir durante a luta no aeroporto.
  • Se você era dos que tinha medo de que o Homem de Ferro roubasse o filme, fique tranquilo. Exceto uma, todas as cenas de Robert Downey Jr. estão nos trailers.
  • É óbvio que a grande inspiração para a cena do Aranha correndo pelos subúrbios foi Curtindo a Vida Adoidado (tanto que a certa altura esta mesma cena aparece numa TV), mas também me veio à mente a hilária história dos anos 80 em que o herói vai parar nos subúrbios ao perseguir um assaltante.
  • A participação de Donald Glover como um assaltante levanta uma pergunta: todo o elenco de Community vai fazer pontas em filmes da Marvel? Por favor, digam que vai!
  • Se Paul Bettany, que dublava a inteligência artificial da armadura do Homem de Ferro, atualmente interpreta o Visão, veremos sua esposa Jennifer Connellly (que empresta sua voz a Karen, assistente virtual do traje do Homem-Aranha) se tornar a Jocasta?
  • Já foi anunciado que o próximo filme do Aranha terá outro Vingador como “tutor” de Peter. Gostaria que fosse o Capitão América, ainda que circule há anos o rumor de que o Sentinela da Liberdade será a grande morte de Guerra Infinita.