Sobre ter uma irmã de alma.

Nós não fomos criadas juntas, tão pouco dividimos quartos e nem fomos pra escola juntas. Somos filhos de pais e mães diferentes. Mas somos irmãs.

Entramos uma na vida e outra da forma mais inusitada que poderíamos imaginar. Mas jamais deixaria que ela saísse. Quando mais precisei, ela esteve ali.

Ela é a minha alma gêmea. E isso não tem nada a ver com relacionamento amoroso. Quer dizer, até tem. Mas não dessa forma. Até por que, Almas gêmeas não precisam ser, necessariamente um casal apaixonado. É muito maior do que isso.

Ela é aquela pra quem eu conto sobre as coisas mais estranhas, e ela acha graça. É aquela pra quem eu sinto vontade de correr pedir colo, e correr mais rápido ainda pra poder dar o meu. Ela é aquela pra quem eu tive medo de contar quando voltei com o boy. A primeira pessoa que eu quis contar que iria me casar e que me tornaria mãe.

Ela é a minha parte certa. A calmaria na tempestade. A madrinha do meu filho. Ela é a minha Cristina Yang. She is my person. Ela é a minha melhor amiga. A minha pessoa favorira.