#StandWithAurous…

Vem gente, vem ser ilegal comigo também!!!

É o que faltava.

O cara lança um serviço de download e streaming ilegal de música.

A RIAA, que obviamente defende os interesses dela e das gravadoras/editoras associadas a ela, entra com um processo horas depois do lançamento.

O juiz aceita e pede pro pessoal da empresa segurar as pontas lá porque ele tem que analisar tudo.

Certíssimo o juiz.

Aí o dono da empresa te manda um email pedindo pra que vc “ajude o Aurous” a ficar no ar.

Olha, tudo bem que em épocas de livre negociação, de livre empreendedorismo, movimentos como o Uber faz (por exemplo) são super válidos. Colocar os usuários e beneficiados do seu lado para que mostrem seu apoio e interesse pela causa.

Mas no caso do Aurous vc tá defendendo algo ilegal.

Não cabe aqui julgar se a Lei de Direitos Autorais no mundo é boa, se funciona, se tá certa ou se tem que ser modificada por causa da internet. Cabe aceitar o que é vigente. E que vem funcionando até hoje.

Penso sempre do lado do compositor das músicas da Ivete Sangalo.

O cara tá lá, em casa ou no estúdio, bobeou nem estúdio tem, e faz uma música sensacional. Daquelas feitas prá pular, cantar junto, abraçar os amigos em festa de casamento, bêbado ou sóbrio.

Mas ele não faz show, o compositor das musicas da Ivete. Ele depende única e exclusivamente do dinheiro que vem das vendas e execuções da música da Ivete.

Cadê o dinheiro dele quando o Aurous libera o download gratuito do álbum da Ivete?

Cadê você pulando bêbado e abraçado com os amigos na festa de casamento daqui alguns anos? Porque esse cara vai parar de fazer música. Vai fazer outra coisa que pague seu sustento.

Posso estar sendo ingênuo aqui, mas não vejo ainda outra solução inteligente e lógica para resolver toda essa cadeia de produção que vive da criação e composição.

Se vc souber, me ajude.

Segue abaixo o print do email do tiozinho do Aurous.

Tudo de bom,

Billy.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.