Linha 8 Diamante!

Nada como um belo dia na grande São Paulo.

Estudei das 8h as 11h e, como em todo santo dia, eu me preparava pra fazer o caminho de volta até minha humilde e acolhedora residência.

Peguei o trem sentido contrário ao meu destino, isso pra avançar uma estação e conseguir vir sentada durante a viagem.

Quando por travessura do destino, e não acaso, entra um senhor, que na verdade nem era velho ou coisa do tipo, só era cansado e muito surrado pela vida.

Alto, cabeça raspada, com os dentes um pouco desgastados e um leve cheiro de bebida.

Ele senta ao meu lado.

Qual seria a sua reação? Levantar e trocar de lugar? Não?

Ele conversava não sei com quem e tão pouco o que ele dizia. Juro, eram murmúrios quase impossíveis de serem decifrados.

Parei por míseros segundos e me vi pensando em trocar de lugar, afinal eu só queria uma viagem tranquila até minha casa.

O que eu não esperava era ser surpreendida por mim mesma.

1.º semestre do curso de Letras, futura educadora. Que hipocrisia da minha parte julgar alguém e pior desmerecer alguém, quando em uma sala de aula encontram-se pessoas de várias raças, classes, personalidades diferentes etc.

Ah eu fiquei ali firme e disposta a mudar totalmente o rumo da história. E pra tirar sarro da minha mente perversa, sorri para o homem, dando um tapa na cara daquela menina tosca que gritava dentro de mim.

No final das contas, eu me senti grata por ter conseguido quebrar aquela barreira ridícula que existiu entre o homem e eu.

Quando o mesmo foi desembarcar abriu um sorriso e disse a única coisa que consegui entender de tudo o que ele dizia:

Fica com Deus!

E assim eu segui feliz e desejei do fundo do coração que aquele homem fosse abençoado e que ele encontrasse alguém que aqueça mais ainda o seu coração, pra que ele possa todos os dias, mudar as pessoas assim como fez comigo!

Aguardo ansiosamente os próximos capítulos da novela: CPTM.

Like what you read? Give Maria Fernanda Dias a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.