Congresso Internacional Expo Fórum Digitalks 2016 - Dia 2

O segundo dia de congresso bem interessante. Começamos com:

1. Workshop Growth Marketing Conference.

“Content is king, distribuition is queen”. Esta frase representa o núcleo da apresentação de

Zack Onisko (zack.onisko.com) da Hired.

Ele deu detalhes sobre estratégias de marketing de crescimento, listou 3 estágios no desenvolvimento do produto/serviço e, em seguida, apontou 5 maneiras de alavancar uma startup:

* 3 Estágios do Growth Marketing:

a. Estágio de Produto e Ajuste de Mercado;

b. Estágio de Agitação;

c. Estágio de Escalabilidade.

* 5 maneiras de alavancar uma startup:

1. Mídia paga;

2. Vendas de produtos/serviços ou Afiliados;

3. Parcerias;

4. Estratégias de SEO;

5. Viralização.

Sabemos que não existe fórmula mágica, por isso é importante ter um planejamento claro no uso dos recursos disponíveis.

Zack elencou alguns liks úteis também:

- Searchmetrics — Uma das mais premiadas empresas de otimização em sites de busca;

- InVision;

- SocialMouths;

- Colour Lovers;

- Creative Market;

- BuySellAds.

2. Hacking SEO.

Clayton Wood da Identity Labs comentou algumas técnicas e ferramentas de Search Engine Optimization (SEO):

- SEO Reseller;

- SEM Rush;

- Majestic;

- Blitz Metrics.

3. Successful Facebook Ads.

Dennis Yu da Blitzmetrics trouxe um manual prático de como anunciar e gerenciar

publicidade no Facebook. Foi uma aula e está no link abaixo:

- http://bit.ly/ddmef16

4. Conteúdo e Storytelling: como falar sério com humor.

Martha Gabriel e Antonio Tabet (Kibe Loco / Porta dos Fundos) debateram sobre carreira e geração de conteúdo, sobre o mundo corporativo e os múltiplos canais de mídia, suas liberdades, diversidade de linguagens, tons de humor e ética.

5. Marketing de Conteúdo & Inbound.

Depois do almoço, tivemos Rafael Rez da WebEstratégica trazendo insights sobre sua atuação no mercado de mídia e marketing de conteúdo.

Falou sobre duas tradições distintas em content marketing: a Escola Cleveland, capitaneada pelo CMI — Content Marketing Institute e a Escola de Boston, na figura da Hubspot Inbound.

Afirmou ainda que a mídia que converge é aquela que consegue somar mídia própria, mídia orgânica e mídia patrocinada.

Seguem algumas citações:

“O contexto é a palavra do século XXI”.

“Apenas 3% das pessoas que acessam um #ecommerce estão no momento de decisão de compra”.

“Não basta produzir é preciso promover”.

“Conteúdo sem conversão é só publicação grátis”. #quote #ChrisGoward

6. Painel Marketing de Conteúdo & Inbound.

Com a participação de Denis Chamas — Unilever — @UnileverBrasil

Elizabeth Almeida — Coca-Cola — @cocacola

Michel Lent — Agência Lent — @lent_ag

Cristina de Luca — CBN — @deluca

Rafael Rez — WebEstratégica — @webestrategica

Emília Chagas (Content Tools — @contenttoolsbr) mediou o painel que foi um bate-papo descontraído repleto de insights sobre o assunto. A atenção ao ‘storytelling’ norteou grande parte da conversa, sendo a ‘verdade’, a ‘simplicidade’, o ‘conteúdo’ e o ‘contexto’ as principais preocupações das marcas em suas campanhas digitais.

A necessidade de crescente do cientista de dados em virtude do domínio dos dispositivos móveis no acesso à Internet foi também apontado.

Citações:

“Boa propaganda não salva produto ruim” #MichelLent

“Você vai ter que usar o cérebro para ter alcance em marketing nesta era”.

“O smartphone no Brasil virou padrão de 2 anos para cá”. #quote @lent_ag

Um serviço interessante da Content Tools em parceria com a Resultados Digitais é o Funil de Vendas do Marketing Digital. Ele te traz resultados, diagnósticos e expectativas para quem já faz marketing digital e também para quem pretende fazer.

7. Desafios e estratégias para estimular downloads e atividade de usuários em aplicativos móveis.

Flávio Tâmega Fernandes nos apresentou a Cheetah Mobile. É conhecida no Brasil, principalmente, por causa de seus app’s para celulares ‘Clean Master’ e ‘Battery Doctor’, é também responsável por aplicativos que fazem grande sucesso entre os ‘milleniums’ como Piano Tiles e Musical.ly.

Só para ilustrar, durante a palestra foi citado também o premiadíssimo aplicativo de informação instantânea e notícias “News Republic” que faz boa concorrência com os queridos “Feedly” e “Flipboard”.

8. GeoMarketing.

Raphael Daolio, do indispensável aplicativo Waze, demonstrou como oferecer publicidade relevante em tempo real. Em resumo: Geomarketing = localização + precisão + relevância.

Algumas estatísticas:

“Mais de 9 milhões de usuários Waze no Brasil”.

“Waze é o 6º aplicativo mais baixado no Brasil”.

“Brasil é 2º maior mercado Waze do mundo”.

“São mais de 15 milhões de usuários Waze nos EUA”.

“Apesar do crescimento anual de 2 dígitos do #ecommerce, mais de 80% das vendas ainda são no mundo físico”.

9. Cinco estratégias de Growth Hacking para Mobile.

Julian Geffriand da 99Taxis deixou muitas dicas. A maioria são tão simples que parecem óbvias. É ótimo ter alguém para nos abrir os olhos, veja:

* Princípios Básicos do Crescimento:

1. Tudo é interdependente;

2. Experimente todas as possibilidades;

3. Testes A/B.

* Time dos Sonhos do Crescimento:

1. Líder produtivo, analítico e criativo;

2. Desenvolvedor Fullstack;

3. Marketeiro Digital;

4. Analista de Dados.

Preste atenção nestas frases, elas podem dizer mais do que esperamos:

“Crescimento é trabalho duro”.

“Viralidade é um dos muitos bons comportamentos que você deve encorajar”.

“O incentivo certo pode fazer milagres”.

“Ninguém sabe o que vai funcionar, só dados podem dizer”.

“Seja oportuno e mova-se rapidamente”.

“Olhe debaixo de cada pedra”.

“Faça coisas que não pode escalar. Se eles funcionam você vai encontrar uma maneira de escalá-los”.

“Concentre-se em coisas que não são possíveis dimensionar”.

“Faça a vida do usuário a mais fácil possível”.

10. Netnografia e comportamento humano no digital.

Valéria Brandini, pesquisadora da USP, utiliza a netnografia como meio de pesquisa. Ela considera o método a ‘semiótica da cultura digital’. Começou sua exposição nos lembrando “Da invenção da roda ao Grande Colisor de Hádrons (LHC — Large Hadron Collider)”.

Ela ia falando e eu vinha me lembrando… Escrevi, “há priscas Eras”, sobre a Oralidade e os Weblogs na monografia “Paradigma Informacional” onde tratei da mudança de ‘behaviors’ e ‘mind sets’ e do texto do Cientista Político Manuel Domingos, “A Falsa Aceleração do Tempo”, em que trata de tecnologia e percepção.

Pontuei algumas de suas falas:

“Nós últimos 100 anos evoluímos mais em tecnologia do que em 2 mil anos”.

“Se a marca comunica valores (comportamentos), o produto (eu) tende a querer replicar estes valores”.

“O consumidor está se comportando como marcas”.

Aqui complemento dizendo que também as marcas estão cada vez mais se comportando como pessoas. Ela confirma isso a seguir:

“As marcas estão cada vez mais engajadas em causas sociais”.

“A profundidade da legimitidade da causa é o que provoca o engajamento”.

11. Mobile e Jornada do Consumidor.

Mitch Gavril da Sociomantic encerrou o dia. Eu estava over de informação e não lembro de nada. Mas confira o infográfico feito pela empresa dele sobre a cena #mobile no Brasil:

https://www.sociomantic.com.br/infografico-mobile-br/

Por fim, deixo o convite para você permanecer atualizado acompanhando os canais Digitalks e visitar o site oficial do Expo Fórum Digitalks 2016.

#GrowthMarketingConf