Outro dia assisti a uma entrevista da escritora Adriana Falcão. E perguntada sobre o porque ela começou a escrever, entre outras coisas, na resposta ela disse: “porque eu precisava”.

Ouvi isso.

Gostei disso…

Guardei isso!

Eu estou precisando escrever…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.