Você não entendeu nada…

São engraçados (pra não dizer lamentáveis) os comentários que se vê por aí, pra variar, são curtos de memória e fracos na análise.

Tem quem diz que a mídia se mostrou imparcial por divulgar um escândalo político e que a justiça é isenta. As mesmas justiça e mídia que divulgaram, sem autorização do STF, os áudios da ex-presidente poucas horas depois de terem sido gravados e que fizeram exatamente o oposto com os áudios do atual presidente.

Não entenda errado. É ótimo que cheguem a todos os culpados, mas não dá para ser ingênuo. Todos tem seu próprio lado.

Vai ter muito imbecil entendendo errado, sei lá quantas vezes ouvi que era petista por achar a linha de sucessão de Dilma uma merda e ser contra o impeachment, por saber que Temer teria apoio no senado para aprovar qualquer merda que quisesse. Vai dizer que você ainda​ acha que as reformas que ganharam força com ele são mesmo para o povo e não pra quem financiou ele?

Mas foi contra a corrupção, claro…

Onde está a cambada de filhos da puta que bateram panela e que, pra não admitir a imbecilidade, agora dizem ‘não ter político de estimação’??? Sumiram. Mas pode ficar tranquilo, a culpa não é sua, afinal, você votou no Aécio.

Aliás, é muito curioso, não possuem políticos de estimação mas elevaram Bolsonaro, Dória e até Aécio ao status de messias salvador da política brasileira. Esquecem que Lula também já foi esse ícone.

Nessa hora, oportunistas como o MBL não vão faltar, só não esqueçam que essa merda teve financiamento de partidos políticos que estão envolvidos no atual escândalo e que também apoiaram Temer, Aécio e Cunha. E ainda publicam vídeo dizendo que tem ‘liberdade pra pedir prisão de corruptos’. Vão se foder todos vocês.

E ainda vai ter gente que não entendeu e vão dizer ‘vc defende bandido’, então aqui vai: Nada que acontece agora inocenta Lula, Dilma ou qualquer outro político.

Mas pode ficar tranquilo e comemorar enquanto o circo pega fogo. O nosso sistema não foi comprado e funciona sim, basta olhar as opções.

Em eleições indiretas vamos deixar políticos corruptos, financiados com dinheiro das mesmas empresas que hoje fazem delação, escolher o próximo presidente. É uma boa opção por que é óbvio que quem for escolhido vai representar muito bem os interesses do povo e não os deles.

Rodrigo Maia, atual presidente da câmara e também investigado na lava jato, seria uma boa opção pois, como disseram também no impeachment, seria uma nova cara na presidência.

Em eleições diretas teremos os mesmos partidos, com políticos e campanhas financiadas pelas mesmas empresas. O que pode dar errado? Fazemos assim sempre.

Ou Temer pode ficar lá sem maiores problemas, afinal, o importante era tirar a Dilma.


Não é difícil de entender, no fim, somos nós contra eles.

Poder para o povo.