Reforma da Previdência, Privatizações e Redução de Privilégios

Três prioridades do governo segundo Paulo Guedes, provável Ministro da Economia do presidente eleito Jair Bolsonaro

Paulo Guedes, provável Ministro da Economia do presidente eleito Jair Bolsonaro. Foto: El Pais.

Em seu primeiro discurso logo após a eleição do presidente Jair Bolsonaro, Paulo Guedes ressalta três prioridades na área econômica para o governo que irá começar:

  • Reforma da Previdência;
  • Privatizações;
  • Redução de privilégios.

“Não é razoável o Brasil gastar US$ 100 bilhões por ano em juros da dívida. O Brasil reconstrói uma Europa todo ano sem conseguir tirar o Brasil da miséria”, disse, fazendo uma comparação com o Plano Marshall aplicado no pós-guerra para a reconstrução da economia europeia.

Ulta-liberal, a analogia do economista Paulo Guedes não deixa de fazer sentido.

É como se alguém tivesse uma BMW na garagem enquanto sustenta uma dívida de 100 mil no cheque especial. Não faz nenhum sentido pagar mais em juros do que se gastaria andando sempre de UBER. Só faz sentido ter um carro caro se não tem dívidas ou se paga puco juros.

Segundo o guru econômico de Bolsonaro, o principal problema do país é o descontrole de gastos públicos, que “corrompeu a política e travou o crescimento econômico”, tornando o país insustentável.