Simplicidade e Surpresas

Saindo do trabalho decidi fazer um caminho diferente do que faço todos os dias quando vou para a faculdade. Também preferi esperar o ônibus em um ponto diferente, uma praça com uma igrejinha charmosa. ( Sou apaixonada pelas arquiteturas de igreja) Não sei, estava audaciosa por caminhos novos. rs.. afinal era Sexta- feira, amor. 
Sentei em um banquinho da praça para aguardar o ônibus. Ao meu lado estava um senhor. Perguntei a ele se já tinha passado algum ônibus para Nova Iguaçu. Ele solícito, respondeu. " Acabou de passar um. Mas logo vem outro." Agradeci. E abri um livro que estou lendo. Não demorou ele puxou assunto. Falando que morava aqui no Rio há 40 anos e que sentia saudades da terra natal dele. "Na minha cidade, Juazeiro do Norte - Ceará. Desde criança, quando chegava o final da tarde, eu ia para a praça da cidade ver o anoitecer. Gostava de ver como o céu mudava de cor minha filha. Gosto até hoje. É uma hora do dia que agradeço por está vivo. "
Conversamos mais um pouco. Sobre a saudade de casa e trocamos algumas risadas de lembranças da nossa terra. Afinal sou nordestina e cearense como ele. O ônibus para Nova Iguaçu chegou. Me despedi do senhor. Subi no ônibus com um sorriso largo e leve de tê-lo conhecido. E fiquei pensando no caminho para a faculdade como as surpresas são boas e como não quero perder o olhar simples de ver as coisas. Minha mãe me ensinou desde pequena: a simplicidade é a maior riqueza que você pode carregar para onde for. E foi o que esse senhor me lembrou. Grata !!💙