21/06/2017

Os cegos do castelo

Um castelo, uma mesa enorme, de tal tamanho que eu não vejo quem senta na outra ponta

Muitas pessoas

Muito barulho

Depois do jantar, na sala de estar, a música toca, a gente dança

Tudo é preparado, desenhado para nos divertimos

Para fazermos algo em comum

Na minha lembrança há um pesadelo

Lembro que derrubamos muita comida

Durante a dança pisamos uns nos pés dos outros

Batemos cabeças

Será que o fato de sermos todos cegos causou tudo isso?

Ou devemos perguntar: o que nos torna cegos?

Ou melhor: quando seremos capazes de fazer essa pergunta?