you.

Esse era para ser mais um texto sobre você. Ou sobre saudade. 
Dá no mesmo. 
Escrevo para me impedir de te escrever. 
E me pergunto de que adianta não te escrever se ainda escrevo sobre você e deixo aqui pra ninguém. Nada. 
Esse era para ser mais um texto sobre você. Mas nem texto é.
Assim como nós também não somos mais.
Nada.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Marcelo Probst’s story.