Dicas e Recursos para novatos em PHP


Há um bom tempo atrás, um tweet do Chris Cornutt me fez pensar bastante sobre como é a iniciação em PHP hoje em dia.

“É fácil esquecer que existe um monte de pessoas lá fora que estão iniciando no PHP todos os dias e que precisam de orientação e ajuda para o básico.”

Eu listei algumas coisas que eu considero muito importantes para as pessoas que estão iniciando com PHP, baseado em minhas experiências de anos com a linguagem.

O PHP evoluiu consideravelmente nos últimos anos, graças principalmente aos esforços da comunidade. Comparando com os primeiros dias, nós temos uma linguagem muito mais forte e uma comunidade maravilhosa. Como consequência da evolução da linguagem e mudanças, tutoriais e práticas se tornam desatualizadas. Por isso sentimos falta de uma boa atualização em tutoriais para iniciantes.

Outro ponto que notei é a explosão dos frameworks — Symfony e Zend, por exemplo, são amplamente conhecidos e figuram como requisitos comuns para oportunidades de emprego. Não há nada de errado com os frameworks, mas eles possuem uma curva de aprendizado bem acentuada para os iniciantes, na minha opinião.

Isso leva a primeira dica:

Aprenda a linguagem, não um framework

Aprenda inicialmente as coisas simples, tente escrever seus próprios pedaços de código, pense em alguma coisa divertida de escrever e praticar suas habilidades com PHP.

Experimente. Não começe se amarrando a um framework, pois você se tornará dependente dele, e provavelmente não irá entender como ele trabalha por trás das cortinas.

Não estou condenando o uso de frameworks, pois eles ajudam MUITO e não é preciso que você reinvente a roda. Mas, para realmente aprender a linguagem, você precisa estudá-la, de maneira que você possa entender qualquer framework que aparecer.

Se você não possui uma base anterior em linguagens de programação, você definitivamente precisa estudar algumas teorias relacionadas a Programação Orientada a Objetos (Object Oriented Programming) e Padrões de Projeto (Design Patterns, principalmente GOF).

Outra coisa muito importante: dê uma olhada no site PHP — The Right Way. Você irá encontrar excelentes explicações sobre as melhores práticas em PHP e as diretrizes para um código limpo e legível. Você deve adicionar este site aos favoritos, pois é leitura obrigatória.

Composer

Sem dúvidas, o próximo tópico que você precisa estudar é o Composer. Composer é um gestor de dependências para PHP, e eu honestamente acho que nós podemos separar a história do PHP em antes / depois do Composer. Com um simples arquivo JSON você define as dependências do seu projeto, e executando composer install irá baixar as versões corretas das bibliotecas que você precisa, diretamente de seus repositórios. Manter as dependências do seu projeto autalizada nunca foi tão fácil.

Git e Github

Git está se tornando o gerenciador de versão distribuído padrão dos projetos modernos. Foi criado por Linus Torvalds (aquele mesmo que criou o Linux) e se popularizou pelo Github.

Os Frameworks

Se você já aprendeu os conceitos mais importantes da linguagem e os conceitos de orientação a objetos, pode ser um bom momento para tentar utilizar algum framework. Para ter uma melhor noção de como os Frameworks são construídos, recomendo que você estude sobre o padrão MVC.

Sugiro iniciar com um framework mais simples, como o Laravel 5. Após ganhar uma boa experiência você pode aprender com os mais robustos, como o Symfony 2 e o Zend Framework 2.

Também existem os microframeworks, como o Slim e o Silex, que é baseado no Symfony 2 (vai te dar uma boa idéia de como funciona o Symfony).

Se envolva

Para ganhar mais experiência e se familiarizar com as novas bibliotecas e frameworks, a melhor coisa a fazer (na minha opinião) é contribuir para projetos open source. Existem muitos projetos no Github esperando pela sua contribuição, e não precisa ser uma grande contribuição… qualquer ajuda conta (mesmo que seja traduzindo para o português a documentação ou sugerindo funcionalidades novas nas Issues).

Tente também se enturmar com outros desenvolvedores. Grupos de usuários são ótimos para isso.

Espero que isso possa ajudar alguem no processo de iniciação com a linguagem que eu abracei =D. Seja bem vindo!

Comece simples, aprenda a linguagem, não um framework, use o PHP — The right way como uma referência para boas práticas em PHP, estude as ferramentas como o Composer e Git, dê uma olhada nos frameworks e escolha um. Comece simples! Se envolva com projetos Open Source e com a comunidade PHP!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Marcelo Santos’s story.