Retrato em tons de cinza

Márcia Silveira
May 29, 2018 · 2 min read

Ele sempre quis ser desenhista. Nasceu com o dom, assim como acontece com os melhores. Desde pequeno pintava com tudo, aquarela, guache, canetinha, lápis de cor, de cera, pastel. Gostava de desenhar pessoas, mas logo desistiu delas, porque nunca ficava satisfeito. Mesmo os autorretratos o desapontavam. Não tem alma, ele dizia ao terminar. Passou a desenhar borboletas, porque elas tinham muitas cores. Cresceu e virou um especialista nelas. Conhecia todas as espécies e seus matizes, cada detalhe, era um apaixonado.

Certo dia, acordou cedo como de costume, mas quando abriu os olhos percebeu que havia algo diferente. Não soube identificar o que era. Deve ser o sono, pensou. Levantou, calçou os chinelos e caminhou até o banheiro, ainda com uma sensação estranha. Lavou o rosto, se olhou no espelho e levou um susto. Olhou em volta. Não era possível. Desesperado, correu até seu ateliê e comprovou: estava vendo tudo em preto e branco. As muitas cores que o rodearam durante todos aqueles anos agora não passavam de tons de cinza. Suas borboletas, tão coloridas, agora eram todas acinzentadas. Não havia mais vida nelas.

Meses de médicos, exames, ninguém descobriu o que havia acontecido. Demorou a se acostumar, abandonou seus desenhos, sem cor tudo era sem graça. Sentiu-se infeliz, ficou deprimido, mal conseguia levantar da cama. Pensou em morrer.

Um dia foi ao ateliê, pegou seus lápis de cor e resolveu desenhar um autorretrato. Seria seu último desenho. Não conseguia distinguir nos lápis nada além de cinza claro e cinza escuro. Traçou seu rosto, colocou algumas sombras e, quando terminou de desenhar seus olhos, entendeu: em tons de cinza, ele havia finalmente conseguido captar sua alma.


Márcia Silveira

Written by

Mãe do Bruno e da Daniela. Escritora | Revisora. Pós-graduada em História da Arte. Estudante de Filosofia. Escrevo sobre livros no Diário do Rio.✍🏽

More From Medium

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade