Ela sempre vem

Ela fica um tempo sem aparecer.

Mas aí, de repente, ela chega pra me lembrar que existe.

(Como se eu pudesse esquecer).

Vem na forma de cansaço, de dor, de sombra, de escuridão.

Pode ser que seja só cansaço mesmo. Ou dor de cabeça, nas costas e nos braços. Um pouco nas pernas.

Ou a melancolia normal do domingo à noite.

Poderia ser tudo isso, mas, não é só isso.

Como é que eu sei?

Sabendo.