Hiring the right people! Contratando as pessoas certas!

O gerente e líder tem a responsabilidade de contratar, desenvolver e reter a equipe. Este ciclo de gestão se inicia na contratação de pessoas, esta habilidade impacta diretamente no sucesso da equipe, contratar a pessoa certa é fundamental. Como fazer uma contratação efetiva?

A pressão por tempo não deve afetar a contratação, se o gerente não tiver a pessoa certa identificada é melhor deixar a vaga aberta e continuar com o processo até ter a certeza que encontrou o candidato ideal. Sabemos que em muitos casos o profissional ainda terá uma curva de aprendizado em alguma área, este é um fato muito comum, o mais importante é avaliar e proporcionar recursos para o desenvolvimento das competências que precisarão de mais apoio por parte do gerente.

A decisão de contratar o profissional, quando bem fundamentada em um processo com base em entrevista por competências, aumenta muito as chances de sucesso do novo profissional contratado. Por este motivo o gerente deve aprender e praticar as entrevistas por competências. A fonte para identificar as principais competências é a descrição de cargos.

Buscar apoio e orientação da área de recursos humanos é muito importante, especialmente para garantir que o gerente está alinhado em todas as fases recomendadas pela área de recrutamento e seleção. Observar conhecimento, habilidades e atitudes com equilíbrio ajuda a decisão final, o peso da atitude observada deve ser considerado como fator decisivo.

As indicações e referências devem ser consideradas como mais uma fonte de consulta, mas não devem influenciar a tomada de decisão. A decisão pelo melhor candidato deve ser do gerente dono da vaga, esta é uma decisão que pode ser compartilhada com a liderança e ou a área de RH.

O salário e benefícios devem ser adequados a posição e negociados durante a fase final do processo para deixar o candidato focado na função apresentada neste processo. Negociar o salário com uma margem razoável é comum, no caso de identificar um candidato que realmente preenche as requisições da vaga e tem um potencial de crescimento na empresa para futuras posições permite que o gerente use esta margem e negocie internamente como atração.

Quando o gerente realiza um processo bem estruturado, as chances de sucesso para a empresa e para o candidato coincidem e o processo é finalizado com um sentimento de conquista para os dois lados. Este resultado em geral é alcançado pelos líderes melhores preparados. No próximo artigo apresentarei mais uma competência gerencial.

Até o próximo domingo, abraço.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.