Meu grito por Indiretas já: ainda que doa
Rodrigo Teixeira
242

que milagre que aqui não tá cheio de comentários raivosos haha mas bem, eu vejo que no caso de eleições indiretas o plano atual desse governo de reformas continuará, o que é triste pois acho um absurdo, especialmente a Reforma Trabalhista, contudo, a cicatriz aberta desde o ano passado não se cura com Lula, Bolsonaro ou Marina presidente.

Uma outra questão é: a gente até aceita um presidente x eleito por esse péssimo congresso, mas até 2018 existirão novas lideranças para comandar o país? Ou vamos reviver a polarização atual?

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.