Reflexões sobre os abstratos e absolutos da vida

Estava eu estudando sobre dois temas que se completam, contudo desgastados e mal compreendidos: "salvação" e "graça de Deus".
Diante das crises que alcançam o ser humano, bem como a sua limitada forma de presunçosamente compreender a vida e o que diz respeito a ela; encontrei em algumas passagens bíblicas, as respostas que esquecemos de trazer à memória nessa constante peregrinação que é viver, errar, acertar e fazer escolhas:

1 - Como ser salvo?
R= "Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação. Como diz a Escritura: 'Todo o que nele confia jamais será envergonhado'." - Romanos 10:9-11 (Bíblia NVI)

2 - Como ter certeza da salvação?
R = "Todo aquele que o Pai me der virá a mim, e quem vier a mim eu jamais rejeitarei. Pois desci dos céus, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum dos que ele me deu, mas os ressuscite no último dia. Porque a vontade de meu Pai é que todo aquele que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia." - João 6:37-40 (Bíblia NVI)

3 - E quando vierem as tentações, dificuldades, dúvidas, provações, ausências de fé?
R = "Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, também chamou; aos que chamou, também justificou; aos que justificou, também glorificou. Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará com ele, e de graça, todas as coisas? Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: “Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro”. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor." - Romanos 8:28-39 (Bíblia NVI)

4 - E como se manifesta a graça, visto que não damos motivos para Deus nos amar, tampouco temos uma vida integralmente correta por mais religiosos que venhamos a ser?
R = "Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem, deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo quando ainda estávamos mortos em transgressões—pela graça vocês são salvos. Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus, para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos." - Efésios 2:1-10 (Bíblia NVI)

5 - Agora que entendi o amor de Deus por mim, que não mereço esse amor, mas me entrego a ele e permito que revele o mal que há em mim para ser transformado até ser quem Deus quer eu eu seja mediante a fé em Jesus Cristo, como fica a questão do aprendizado? O que lerei? Que doutrina e ensinamento devo seguir?
R = "Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade." - João 17:17 (Bíblia NVI); "Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente. Mas quem é espiritual discerne todas as coisas, e ele mesmo por ninguém é discernido; pois 'quem conheceu a mente do Senhor para que possa instruí-lo?' Nós, porém, temos a mente de Cristo." - 1° Coríntios 2:14-16 (Bíblia NVI)

Peça instrução ao Espírito Santo de Deus, deixe claro que Ele é o seu professor nesta nova caminhada. Não se abale por nada, viva a Palavra independente do que aconteça, o de mais maravilhoso já aconteceu: Jesus Cristo pagou o preço que era destinado a mim e a você!