Os Jetsons fizeram previsão sobre a Internet das Coisas

Há 53 anos era exibido o primeiro episódio do desenho animado Os Jetsons. A série contava a história de uma família no ano de 2062. Com o tema de “Era Espacial”, ela mexia com a imaginação dos telespectadores, e mostrava uma ideia de como seria o futuro da humanidade: carros voadores, cidades suspensas, trabalho automatizado, toda sorte de aparelhos eletrodomésticos e de entretenimento, robôs como funcionários, videoconferências e tudo mais que dava para imaginar do futuro.

Apesar de ainda não termos oficialmente carros voadores, a família previu diversas tecnologias que utilizamos hoje, como a videoconferência, o uso de robôs como trabalhadores e eletrodomésticos inteligentes. O que parecia um simples desenho de ficção científica está cada vez mais próximo da nossa realidade.
 
A internet das coisas (IoT, “internet of things”, em inglês) é uma tecnologia que foi prevista no desenho, ela conecta utensílios do nosso dia a dia à internet, para que eles se comuniquem entre si e conosco. Ao repararmos, podemos ver a quantidade de objetos que nos cercam que estão conectados e mesmo assim não percebemos, pois o conceito principal desta revolução tecnológica é passar despercebida.
 
A internet das coisas tem a intenção de facilitar e organizar tarefas do dia a dia. Em um futuro muito próximo não vamos estranhar se estivermos voltando para casa e de repente o nosso carro nos avisa que temos que passar no supermercado para comprar alguns alimentos, e ele soube disto porque a geladeira enviou a quantidade de alimentos que você tem na dispensa.
 
Assim é possível ver que a Internet das coisas além de confirmar as previsões dos Jetsons, também levanta várias questões e reflexões, tanto na ciência e tecnologia, para garantir o constante desenvolvimento, quanto na sociologia, pois as relações na sociedade também sofrerão alterações.
 
Quem ainda está tentando se adaptar às mudanças que a internet trouxe, pode se preparar porque a internet das coisas vai mudar muito mais e nos deixar cada vez mais conectados e dependentes das tecnologias.

Like what you read? Give Marcos Vinicius Oliveira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.