Entrar para o lado de fora… as almas sensíveis, antenadas no mundo real, são estimuladas pelos pequenos detalhes. Senti o poético cheiro deste café que me tirou de uma dimensão para outro. Belo texto!