Mariana faz muito sentido o seu texto, venho de uma cultura de fanzines.E
Diego Fernandes
11

Também creio que continuaremos escrevendo sim, independentemente da plataforma que for, porque fazemos por amor, isso é o mais importante. Mas também é preciso atentar para o que estamos produzindo e o que estamos consumindo neste momento das redes sociais e produções massivas…
Concordo com você quem sempre haverá quem leia nossas linhas tortas e isso é maravilhoso ❤