De Branco para Branco, Melhoremos
Bárbara Gondar
942

Não sei opinar sobre isso… Acredito que estamos vivendo uma época de exageros… para tudo é necessário ter uma opinião, mesmo quando não se sabe sobre o assunto. Eu como pessoa branca, não posso falar muito sobre preconceito, nunca fui barrada em algum local por minha cor, nunca fui excluída de algum grupo (que eu saiba) rs… Mas não é porque não vivi que não que existe… Existe e muito! Precisamos falar sobre branquitude, mas acho mais importante falar sobre preconceito… Não é porque a menina é ruiva… é porque ela se destacou para ficar com o cara X famoso. (a propósito, não sei nem quem é). As pessoas julgam por julgar, pode ser dor de cotovelo, pode ser inveja, pode ser pq não têm o que fazer… mas sim é necessário ter uma opinião…infelizmente nossa sociedade é assim.

Talvez se aprendêssemos mais sobre nossa história, e entendêssemos de onde vêm esse império branco, poderíamos compreender mais sobre de onde vêm tanto preconceito. Acho triste que nossa sociedade não entenda que só temos poder, quando nos unimos e não quando excluímos.

Aos poucos tenho visto algumas mudanças significativas, mas acho que vamos levar algumas gerações para eliminar preconceitos… Se quiserem uma dica, ouçam um podcast chamado Mamilos (do B9). Eles tratam sobre diversos assuntos, como racismo e preconceito, tem outros assuntos mais lights, mas eles promovem discussões para que possamos refletir sobre outros pontos de vista. Acho um bom caminho…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.