Amor sem sinal

Apenas 12 andares. Estou chegando no SS. No SS o 3G não funciona. Eu preciso falar isso agora. Depois eu não vou ter coragem.

É verdade: eu não te amo e se quer saber, eu nunca te amei. Nunca amei seu jeito grosso e tosco de dizer as coisas, a sua falta de delicadeza na hora de me criticar, o seu egoísmo que sempre foi maior que seu amor, a sua falta de humor constante, a sua insegurança e sua falta de coragem. Não amo quando você acorda e esquece de dar bom dia, nem quando dorme sem dar boa noite. Eu nunca amei sua indecisão, seu descaso e muito menos a sua demora para tomar atitudes. Aliás, que atitudes?

Nunca amei a sua moleza pra vida, nem sua mania de deixar seus planos pra trás. Para ser bem sincera eu odiava sua falta de interesse e cuidado com nosso relacionamento. Seu amor, ou melhor, a falta dele, me fazia pensar “eu não mereço isso” — o que sempre me incentivou a te deixar.

Não amo quando você fica em silêncio, principalmente quando há tanto para ser dito , nem quando você não faz questão de saber como foi meu dia. Não amei as vezes que você me deixou sozinha, nunca fui tão sozinha. Sua dificuldade de saber perdoar os meus erros e sua incapacidade de reconhecer os seus próprios, também não fizeram parte do meu grande amor.

Meu grande amor… Ah sim! Este é inesquecível. Amo quando você vira o mundo para me encontrar e para me fazer feliz. Amo o dia em que você atravessou o aeroporto inteiro só para me dar um beijo (e vou amar esse dia eternamente). Seu amor por mim é maior do que tudo, maior até que seu orgulho (e poucas coisas no mundo são maiores que seu orgulho). Ele me faz pensar “eu não mereço tanto amor” — o que sempre me incentivou a merecer. Amo sua coragem de decidir tudo da noite pro dia e de me falar “te amo” mesmo nos momentos em que eu nem te amava. Sempre amei sua companhia e a sua preocupação de nunca me deixar sozinha. Mais que isso, sua vontade de sempre querer ficar comigo é apaixonante.

Amo não conseguir me imaginar longe de você porque só de pensar em conseguir pensar nisso, já me faz deitar no seu pescoço e fechar os olhos. Amo quando você fala sem parar sobre todas as coisas incríveis que pensa e sobre todos os sonhos que iremos realizar juntos. Amo ver sua empolgação com qualquer coisa que eu faça — seja um sanduíche (que infelizmente estava com a gema mole) ou um tereré bem gelado com bastante limão. Sou apaixonada pela sua necessidade diária de me dizer o quanto me ama, seja com palavras, com o trecho de uma música, com seus poemas que me tiram o fôlego ou com seu jeito carinhoso de não me deixar levantar da cama para ir fazer xixi. Amo, amo e amo quando você sorri e principalmente quando você morre de rir. Seu bom humor constante é a maior motivação da minha vida.

Droga, sem sinal. Olho ao me redor e percebo que estou sentada no meu carro, dentro da garagem do meu trabalho e sozinha. Nunca fui tão sozinha.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Maria Clara Palhano’s story.