QUEM SÃO OS VÂNDALOS?

Eles. Eles que nos enfiam goela abaixo medidas provisórias abusivas, PECs inconstitucionais, impeachment sem crime de responsabilidade, retrocedendo nossos direitos arduamente conquistados. Eles que são gravados legislando em causa própria, planejando o estancar da sangria. Um acordo com o Supremo, com tudo. São eles os vândalos sanguessugas. Os que se vestiram de verde e amarelo, aos poucos calaram suas panelas anti-aderentes com suas tampas de vidro e se acomodaram no sofá à assistirem ao maior meio de comunicação do país, que ao longo dos anos conviveu cordialmente com regimes autoritários e ainda hoje é peça chave no xadrez da política. A repressão policial desmedida contra a população (vagabundos, como eles preferem) nas passeatas, resultam em professores com pernas quebradas, adolescentes desmaiados, tiros de borracha na impressa. Pouco se importam com isso. Em vez disso, os governantes insistem em se manterem cegos e surdos diante dos gritos de revolta do povo nas ruas. Eles nos roubam milhões, é propina que não acaba mais, ainda sim, contabilizam indignados os prejuízos materiais das manifestações — afinal, coitada da lixeira que foi queimada.- Por tanto, pintar as paredes, recolocar as placas, instalar novos pontos de ônibus e restaurar vidraças, até custam algum dinheiro a eles, mas nossas vidas não. E se é esse o modo de sermos ouvidos é nele que devemos mirar. Porque vandalismo é rasgarem a constituição. vandalismo é a impunidade que tem os bandidos de colarinho branco. Vândalos são os meninos mimados de ego inflado que regem a nossa nação.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Maria Eduarda Albuquerque’s story.