Propósito Inabalável

Todo mundo tem uma missão de vida. E para alcançar essa missão, temos vários propósitos inabaláveis. Coisas, situações, pessoas, que nos movem em direção a nossa missão.

Por exemplo, quantas pessoas buscam sucesso para alimentar a família? Quantas pessoas buscam sucesso para sustentar alguma causa? Esses são exemplos de propósitos inabaláveis. Coisas que você faz para chegar ao que acredita ser sua missão.

Muitas pessoas pensam que missão remete a espiritualidade. Pode até ter relação, mas aqui, vamos abordar de uma outra maneira, missão significa você ocupar o seu espaço, o seu lugar.

Primeira instância da Missão

Você está aqui para ser você mesmo, e essa é a primeira instância da missão e possivelmente a mais importante. Se você não for você mesmo, possivelmente não vai construir relacionamentos verdadeiros e também, talvez, não se realize verdadeiramente em sua profissão.

Mas, como sabemos que estamos agindo de acordo com quem somos de verdade?

Possivelmente quando está agindo conforme sua essência, você se sente em paz, mais feliz. Não significa que não encontra desafios, mas esses desafios acabam fazendo sentido.

Quando fazemos algo que vai contra o que acreditamos, nos sentimos angustiados, ou com a sensação de um cansaço extremo. E por vezes, essas sensações não se associam ao fato de estarmos nos deixando de lado.

Segunda Instância da Missão

Depois de se conhecer, o que é um processo contínuo, é necessário aprender a se relacionar com as outras pessoas. E aqui entram desde amizades, parceiros amorosos e família. É o nosso relacionamento com o mundo. É estarmos abertos para realmente reconhecer o espaço do outro, honrar o papel que o outro tem.

Isso tem a ver com a forma como agimos com as outras pessoas. Por exemplo, em muitas famílias,parentes, pais, filhos, irmãos, não são capazes de honrar o papel de cada um, existindo uma competição inconsciente de querer ser melhor ou de interferir no espaço da outra pessoa, desafiam a hierarquia, sentem que não tem lugar na família.

Alguns relacionamentos não seguem adiante porque um dos parceiros não reconhece o papel do outro, o espaço da outra pessoa no mundo, passa por cima, desacredita, ou então, por vezes, está tão envolvida com os conflitos individuais que não se abre para se conectar verdadeiramente com o parceiro.

Aqui o desenvolvimento vai na direção de realmente, verdadeiramente, se permitir conhecer o outro, se conectar com a outra pessoa.

Terceira Instância da Missão

Aqui entra a missão para a comunidade, a profissão, o que e como oferece o seu valor para a sua comunidade. É retribuir. Aqui entram o propósito de carreira, trabalho voluntário.

Ao se conhecer, ao mesmo tempo em que se desenvolve se relacionando com outras pessoas, você se aproxima do que te faz vibrar, o que te preenche e te motiva para acordar todos os dias.

Cada uma dessas instâncias fazem parte dessa motivação de viver, de se sentir pleno, de realmente se apropriar no seu lugar no mundo!

Gostou?

Espero que tenha feito sentido! Se fez, compartilhe o artigo ou comente aqui. Para você que ainda não me conhece. Eu ajudo MULHERES que estão indecisas e insatisfeitas, a saberem quem são de verdade, a se apropriarem da sua história, a sentirem na pele o que é fazer o que se ama na carreira e na vida, seguindo em direção ao seu propósito com mais autoconfiança, realizando a vocação com leveza e objetividade. Sou Coach de Missão de Vida.

Hoje me sinto realizada, e para compartilhar contigo um pouco de como contribuo para que outras pessoas tambem se realizem, eu te dou de PRESENTE, uma sessão individual comigo, a primeira sessão do meu processo para você conhecer como funciona, é só clicar no link abaixo:

http://mariafernanda.contato.site/agendamento

Curte aqui e compartilha para ajudar a mais pessoas terem acesso a o que seria a missão de vida.