platéia

eu sou sua platéia, uma platéia discreta.
que te observa a cada passo, a cada momento em que estou ao seu lado, simultaneamente torço para que você consiga realizar cada segundo de sua peça, cada milésimos de segundos.
ainda assim, observo os obstáculos ocultos que se impõem de último segundo que faz você tropeçar. observo também a sua recuperação, demora e demora, espero e espero, no final você sempre se sai bem e novamente, um outro obstáculo, isso se repete, fica em looping. estou sempre com você e parece que nunca percebe. o que eu posso fazer? se eu me abrir, você será o vento que irá soprar e me deixará flutuar.
quero continuar estando ao seu lado, então, melhor pra mim, ficar fechada.
é melhor para você, não saber.
assim ambas estarão uma ao lado da outra, sem intenção, sem constrangimentos.
Você merece tudo e um pouco mais.
Vou estar contigo sempre, eu sempre estarei fechada e observando, te ajudando em tudo o que precisar. E você, continue assim, você pode ser melhor do que já é, eu acredito em você.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Maria Ivete’s story.