Foto: Shutterstock

Vamos para a Olimpíada de Tóquio 2020? Se investir direitinho, dá!

Depois que a Olimpíada Rio 2016 acabou e deixou saudades, eu e milhões de brasileiros pensamos : “quero ir para Tóquio 2020!”. Meus pais, inclusive, já se animaram a começar as aulas de japonês ;)

Mas quantos de nós — de fato — vamos transformar esse sonho olímpico em realidade?

E quanto cu$taria essa brincadeira de ir para o outro lado do mundo?

Um dos princípios das finanças pessoais é: transforme o seu sonho em uma meta objetiva.

Para fazer isso, o primeiro passo é ter um orçamento. E foi isso que fiz: uma estimativa realista do quanto custaria a viagem para Tóquio em 2020. Segundo passo: investir o dinheiro direitinho.

Vou te mostrar o que fazer para chegar lá.

Vamos de avião mesmo

Um pacote de viagem para Tóquio 2020

Primeiro, fui ver o que estavam falando por aí. O Jornal Hoje, da Globo, fez um levantamento e chegou no valor de R$ 18.900 para uma viagem de 20 dias.

Já o site M de Mulher estimou R$ 9.800 para uma viagem bem econômica, estilo mochilão (16 dias com hospedagem em hostel e refeições baratas).

Não satisfeita, corri atrás do meu próprio orçamento.

Tenho uma amiga que mora no Japão há muitos anos e fui pedir conselhos. “Lembre-se que Tóquio é uma das cidades mais caras do mundo”, disse Karina Almeida (que escreve o blog Meu Japão). Nem me assustei muito, pois moro em São Paulo — outra cidade mega cara.

Ela me deu noções de preços em ienes e eu fiz a conversão para reais*. O plano é fazer uma viagem sem luxos, mas também sem perrengues. Calculei hospedagem para os 17 dias da Olimpíada de Tóquio 2020, que será realizada entre as datas de 24 de julho e 9 de agosto de 2020:

  • Visto para o Japão: R$ 79
  • Passagem ida e volta: R$ 5.474
  • Hospedagem em hotel simples, sem café da manhã: R$ 3.831
  • Alimentação (3 refeições por dia): R$ 3.284
  • Transporte na cidade: R$ 547
  • Ingressos para os jogos (6 ingressos baratos, 6 médios e 6 caros): R$ 4.250
  • Compras: Isso varia muito de pessoa para pessoa (ela me alertou que é difícil resistir às tentações de compras em Tóquio!). Pensei em levar R$ 1.000…
  • TOTAL: R$ 18.388

O que mais podemos prever? A inflação no Japão é perto de zero, às vezes negativa. Então não vou considerar isso.

A flutuação cambial, por outro lado, é um fator de risco — e o câmbio é sempre imprevisível. Apenas para fins de curiosidade: nos últimos 4 anos o iene valorizou 25% ante o real (ou seja, a mesma quantidade de reais compra menos ienes hoje em comparação com 2012).

Por esse motivo, inclui no pacote uma margem de segurança de 30%, que pode vir a cobrir o câmbio ou outros imprevistos de viagem.

Somando o total com a margem de segurança, cheguei ao número mágico: R$ 24.007. \o/

Como se planejar para Tóquio 2020

R$ 24.007 me separam do sonho olímpico.

Isso é muito ou pouco dinheiro? Depende, sim, de quanto você ganha. Mas depende ainda mais de como você se planeja e investe seu dinheiro.

No Jornal da Globo, a reportagem recomenda que a pessoa guarde R$ 350 na poupança durante 48 meses para atingir R$ 18.900 em julho de 2020.

Por favor, encontre o erro dessa frase acima (resposta logo abaixo).

Sim, é a palavra P-O-U-P-A-N-Ç-A. Hoje essa aplicação tem rendimentos tão magros que nem cobrem a inflação brasileira.

E já que são 4 anos de ciclo olímpico, nós TEMOS que nos beneficiar da escolha de investimentos melhores e do poder dos juros compostos.

Como atingir o número mágico com o menor esforço?

Fiz um exercício para visualizar as opções: quanto eu deveria investir hoje para deixar rendendo e chegar a 2020 com R$ 24.007?

Se fosse deixar tudo debaixo do colchão teria que ter exatamente os R$ 24.007 — uma vez que colchão não paga juros, rs.

Na poupança**, seriam necessários R$ 17.423.

E em uma carteira de investimentos da Magnetis***, composta por fundos DI e títulos de renda fixa, como CDBs e LCIs? Eu teria que investir menos: R$ 14.807 hoje. o/

Tóquio 2020: vamos em família!

Eu AMO os Jogos Olímpicos. Desde pequena acompanho tudo pela TV. Para a Rio 2016, corri e garanti várias entradas para mim, meu noivo e meus pais. O sonho olímpico se realizou, vimos Usain Bolt de perto e várias modalidades…

Em Tóquio 2020 queremos repetir o mesmo: ir em família.

Para 4 pessoas, a conta chegaria a R$ 96.028. Uma bela grana!

Novamente, fiz o exercício para visualizar como atingir esse valor com o menor esforço possível. Calculei o quanto seria necessário investir hoje para aproveitar a rentabilidade de 4 anos:

  • Debaixo do colchão: já superamos esse erro
  • Poupança: eu teria que ter R$ 69.693 hoje
  • Carteira Magnetis de renda fixa: aplicaria R$ 59.228 hoje
A diferença é de quase R$ 10 mil (!) em ganhos com juros entre a poupança e uma carteira balanceada de renda fixa.

Também pensei em outra perspectiva: a das parcelas mensais.

Simulei na Magnetis uma maneira de atingir R$ 96.028 em 48 meses.

Como a ferramenta hoje permite investimento inicial a partir de R$ 25 mil, esse foi o ponto de partida.

Antes, para comparar, calculei o rendimento na poupança. Com R$ 25 mil iniciais, a parcela mensal seria de R$ 1.094.

Já na carteira de renda fixa da Magnetis, com os mesmos R$ 25 mil de investimento inicial, a parcela mensal cai para R$ 946.

Resultado geral: se investir direitinho, dá!
Tela de simulação da Magnetis

Conclusão

Fiz todo esse exercício para conseguir transformar meu sonho de Tóquio 2020 em uma meta objetiva.

Mas são estimativas.

E cada pessoa vai ter uma estimativa diferente. Tem mochileiro que vai querer ir sozinho. Tem gente que prefere hotel 5 estrelas…

O câmbio pode variar menos. Ou pode variar mais.

A taxa de juros hoje também não será a mesma daqui a um ano.

De qualquer maneira, conhecer seu perfil e objetivos é outra lição importante de finanças pessoais. Ter definições claras garantem um ponto de partida para o seu planejamento.

Se você investir seu dinheiro em bons investimentos (com rentabilidade superior à taxa básica de juros e baixo custo de administração), o poder dos juros compostos vai te ajudar a chegar em Tóquio mais tranquilamente em 2020.

Use e abuse da ferramenta da Magnetis para fazer simulações adequadas ao seu perfil. É bem simples.

Não sei você, mas eu estou é muito animada para a próxima Olimpíada :D

Espero seu comentário!​

— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —

Mariana Congo é Gerente de Conteúdo da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais. Texto originalmente publicado no blog da Magnetis.

*Cotação de 24/08/2016
**Rentabilidade mensal da poupança: 0,67%.
***Rentabilidade mensal da carteira de renda fixa da Magnetis: 1,07% brutos — mas na simulação já foi apresentado o valor líquido de taxas e impostos.