Uma carta da minha história

Prezada Johnson&Johnson,

Eu sou a Mariana. Tenho 23 anos e sempre vivi em Sabará, uma cidade histórica de Minas Gerais, próxima a capital. Sou formada em Administração e tenho curso técnico em Design Gráfico. Hoje, acredito que fiz uma boa escolha, pois sou apaixonada pela gestão de empresas, pelos processos e por poder fazer a diferença no mundo através da minha profissão. Organização, dedicação e responsabilidade me definem. Eu gosto de planejar, analisar e fazer acontecer, preocupo para que o meu trabalho individual ou em equipe seja eficiente. Sou uma pessoa alegre, tranquila e de bem com a vida.

A educação e o exemplo recebido dos meus pais foram grandes influências para que eu planejasse e traçasse caminhos em direção as minhas conquistas. Tenho orgulho por ter esforçado e passado no vestibular no Cefet-MG, pois este foi um passo importante para que surgissem muitas oportunidades. Nos 4 anos e meio de graduação, tive a chance de viver diferentes situações, como: realizar estágios em grandes empresas que me fizeram ver na prática como funciona o mundo corporativo, estar em contato com pessoas de pensamentos inovadores e são exemplos de líderes; realizar Iniciação Científica e aprimorar a minha percepção sobre pesquisar, utilizar métodos, analisar e gerar resultados; apresentar um artigo no Uruguai; a Mobilidade Acadêmica Internacional; e a convivência com os colegas e os ensinamentos diferenciados da faculdade. Assim, encerrei meu percurso acadêmico com um bom desempenho e com satisfação.

Alunos da minha turma que conseguiram chegar até o fim do curso

Já com as minhas experiências, eu pude aprender a me conhecer, a enxergar quais são as minhas competências e dificuldades, e procurar melhorá-las. Descobri a importância do planejamento, mas também a saber lidar com os imprevistos e, principalmente, a necessidade de sair da zona de conforto. Para alcançar minhas conquistas, ultrapassei desafios e eles foram fontes de crescimento para me torna quem eu sou hoje. Provavelmente, tomaria algumas decisões diferentes, como me arriscar mais, porém estas escolhas fizeram parte do meu amadurecimento.

Um dos meus sonhos era realizar intercâmbio. Assim, planejei durante a minha graduação obter os requisitos necessários para tornar isto realidade. Finalmente, passei no processo seletivo e consegui uma bolsa de 6 meses em Portugal. Logo, o período fora do Brasil foi algo transformador. Aprendi a lidar com um novo país, uma nova cultura, a morar fora de casa, a agir com consciência dos riscos envolvidos. Foi um momento de autoconhecimento. Ademais, eu procurei aproveitar todos os benefícios, assim, participei de diferentes eventos voltados para gestão, interagi com os colegas de classe, me desafiei ao participar de um concurso e ganhar um curso de inglês em Londres, conheci bastante da cultura portuguesa e fiz o meu planejamento para conhecer um pouco mais da Europa. A bagagem adquirida neste período foi marcante, é algo que eu sempre irei recomendar — sair e ver o mundo — se tornar uma pessoa mais crítica perante a nossa realidade.

Minha Universidade em Portugal

A minha família me enxerga como uma pessoa estudiosa, determinada e corajosa. Segundo meus pais, eu sempre me esforço para atingir os meus objetivos. Eles me veem como uma pessoa que sabe onde quer chegar e tenta fazer o possível para tornar isso real. Os meus amigos buscam em mim um apoio, uma conversa aconselhadora e muita alegria, pois estou sempre disposta a ouvir e a tornar a situação mais alegre e divertida. Os meus colegas de trabalho e de faculdade enxergam o meu potencial de liderança, a minha preocupação com as entregas e prazos e em desenvolver um bom trabalho, com qualidade.

Minha família

A minha característica marcante é ser persistente, luto pelos meus sonhos, não importa a dificuldade. No meu dia-a-dia, eu sou uma pessoa curiosa, estou sempre a procura de informações que possam agregar pessoal como profissionalmente. Acredito que o aprendizado torna a vida mais interessante e desafiadora. E eu gosto de me desafiar! Pratico de várias formas o meu inglês e quero aprender novas línguas, busco por cursos que me auxiliem a conhecer mais sobre mim e sobre a minha profissão, busco identificar quais são os meios necessários para alcançar os meus objetivos. Além disso, gosto de escutar música, ler e estar na companhia das pessoas que me fazem bem. Gosto de sair, ir ao cinema, praticar exercícios e dançar. Quando tenho tempo disponível, costumo alocar a minha criatividade na execução de peças gráficas, como criação de identidade visual, convites, folders, entre outros. Após o meu intercâmbio, me interessei ainda mais em realizar viagens e conhecer mais sobre o mundo.

Estar em Londres: realização de um sonho

Eu escolhi ser uma trainee da J&J, pois me interesso pela proposta de aprendizado e desenvolvimento do programa e me identifico com os valores da empresa, além de ter a oportunidade de fazer parte de um time que é reconhecido globalmente. Eu procuro uma empresa que tenha relações com o exterior e me possibilite tê-las também. Uma empresa que seja consciente da sua importância e da sua influência com os seus stakeholders. Almejo contribuir para o crescimento da J&J e poder fazer a diferença com os meus conhecimentos e experiências. Acredito que esta seja uma oportunidade única. Quero crescer, me desenvolver e trazer bons frutos.

Enfim, eu busco uma carreira em que um tenho flexibilidade e independência para tomar decisões e encontrar soluções eficientes. Quero me tornar referência naquilo que eu faço. Ademais, eu gostaria de ser lembrada como uma pessoa que se propôs a fazer o melhor, fazer a diferença e gerou resultados positivos. Aquela que soube equilibrar a sua vida pessoal e profissional, quem conseguiu viajar, aprender e agregar muitas experiências. Quero ser um exemplo para quem me conhece. Assim, este é meu propósito de vida: fazer das minhas escolhas uma oportunidade para o meu crescimento intelectual e favorecer também aqueles que estiverem comigo.

Acredito estar preparada para o próximo passo em direção à empresa.

Obrigada!

Atenciosamente,

Mariana Duarte Silva