vocês tem um minuto para ouvir a palavra do senhor? 
não, eu não vou falar sobre religião mas vou falar sobre uma pessoa que conheci e essa foi a primeira coisa que ouvi sair de sua boca. 
eu estava sentada e ele apareceu de repente, como uma gota de chuva num dia ensolarado. eu não esperava olhar pra cima e me deparar com ele segurando um caderninho nas mãos, como se estivesse pronto para ler algum poema ou algo do tipo. mas ele só queria fazer uma pesquisa e eu pensei que seria algo de 5 a 6 minutos e logo depois iria embora, seria só mais uma pessoa que passou por mim em um domingo. mas ele não foi. isso me assusta e me deixa encantada ao mesmo tempo. ele ficou ali, conversando com meus amigos por pouco mais de duas horas e eu só fiquei gravando cada gesto e o desenho do seu rosto, como se fosse uma obra de arte ambulante, ele transpirava alguma coisa que me prendia pra perto. eu só sei que queria continuar ali, por algum motivo, seja qual for, eu só queria ter tido mais tempo com ele. de alguma forma, não conseguia desviar o olhar, como se a energia dele me prendesse mesmo com todo o cansaço do meu corpo que me fazia ficar mau humorada. eu não sei o que me fez gostar dele, talvez seu entusiasmo em falar da vida e da música principalmente, me fez enxergar além de um simples ser humano. eu soube depois que senti que ele estava indo embora que eu não podia perde-lo de vista. eu precisava saber mais, apesar de correr o risco do interesse não ser mútuo. 
eu queria saber de todos os seus sonhos, queria saber de todas as músicas favoritas e colocar em uma playlist só pra tentar imaginar o mesmo quando ele as escuta, queria entrar no seu mundo só pra ter mais inspiração e histórias pra contar. 
sabe quando você sente uma troca de energias só de abraçar alguém? eu senti quando o abracei. 
ele foi como there is a light that never goes out na minha vida, exatamente quando tudo escureceu ele chegou com a luz que nunca se apagará, que é a luz da esperança que eu tenho no amor. na vida. no futuro. não da pra explicar o efeito que ele causou e causa em mim. eu só sei que por mais estranho que seja, é uma coisa linda. é uma coisa positiva.

eu não quero planejar e me encher de expectativas como sempre faço, só quero te invadir e te preencher com os melhores sentimentos que possuo assim como você me preencheu com sua luz.

obrigada por ser você.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.