Mariana Paim
Feb 8 · 1 min read

depois de medirmos
a distância
com as mãos
dois continentes
não separam
mas antes
criam
um lugar
comum
em nós
e essa dificuldade
de dizer
aquilo que está
ali no meio
entre
tantas formas
que poderiam falar
disto
ou de todas as
palavras que talvez
não saibamos
para dizer
do mar
embora você não diga
nesse mundo
existem mais de
seis
mil línguas
quantas delas
já morreram e
quantas
possibilidades de
mundo se perderam
com elas
em silêncio
como agora
que sinto
que dentro
de mim
tudo é
ilha
e em você
também

Mariana Paim

Written by

Poeta, professora, pesquisadora e militante feminista.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade