O Predestinado: Uma Jornada do herói ao contrario.

Todo mundo precisa assistir esse filme australiano. Sou bem chatinha com elogios, por isso eu digo, esse filme tem alguns furos no roteiro, e tem um urso desnecessário da narração em OFF na segunda parte do filme, mais a força e genialidade da narrativa supera as falhas.

Imagina um filme que subverter, a famosa jornada do heróis, que mostra um grande paradoxo temporal infinito, que alguns cientista e matemáticos já analisaram ser possível ocorrer. O filme é baseado no conto “All you zombies”, publicado em Março de 1959 na revista Fantasy and Science Fiction pelo Robert A. Heinlein( o autor de Tropas Estelares) tem como protagonista Ethan Hawke( gosto), mais quem rouba cena é a moça( atriz Australiana Sarah Snook).

E tipo impossível conta historia do filme sem estraga a surpresa, por isso recomendo as pessoas envidarem spoiler. Na questão técnica, o filme mesmo com orçamento modesto, manda bem, o urso de cores, cenografia e trilha sonora. Os três tempos são mostrados diferenciadas, o que ajuda no entendimento do tempo para os expectador. A direção de arte foi bem competente nesse filme.

Eu adoro filme sobre viajem do tempo, talvez tenha sindo a influencia de “ De volta para o futuro” ou a leitura abusiva de ficção cientifica . Mais sempre achei a possibilidade de viaja no tempo fascinante. Mais nunca tinha imaginado uma historia como no filme. Achei genial essa hipótese apresentada no filme.