Se te falaram que alguma coisa na sua vida ia ser fácil, te enganaram. Se te disseram que codar, então, era uma tarefa fácil, te enganaram 2x! Eu nunca me considerei essa pessoa iludida. Na verdade, eu sabia EXATAMENTE o tamanho da encrenca que eu que eu estava me metendo quando eu decidi codar o meu próprio portfólio, mas eu decidi apertar o botão do consentimento e continuei colocando minhas habilidades [coluna, sanidade mental e etc. hahaha] em risco, e te conto agora 8 descobertas desse processo.

1. Por que eu inventei isso tudo?

O Ironhack me permitiu desenvolver projetos incríveis, com pessoas incríveis e, claro, o output principal disso tudo era transformar esses projetos todos, e todo esse storytelling rico em um portfólio. Mas como eu sou campeã em pegar os caminhos mais difíceis, ao invés de escolher uma plataforma convencional, eu resolvi eu mesma botar essa história toda de pé do início ao fim. …


Uma abstração que sempre ignorei, mas que tem sido impossível mantê-la sendo ignorada, em especial no contexto de UX.

Aquele negócio que todo mundo fala mas ninguém sabe exatamente o quê é.

Primeiro que eu sempre tive dificuldades reais com abstrações, e sobre tecnologias ou processos não visíveis. Na verdade, é aquele famoso medo do desconhecido e daquilo que você não domina. Mas obviamente a sociologia sempre me levou a confrontar isso, já que é a ciência daquilo que não está aparente, daquilo que é invisível. Então porque não juntar esse mix de perspectivas e enfrentar esse medo do desconhecido de uma vez por todas?

Um bom jeito começar é dominar ao menos do que se trata esse…


Desenvolvimento de um site baseado nos conceitos de Editorial Design. Mas não é qualquer site. O motivo é nobre: contribuir com a inclusão e empoderamento da mulher no mercado da tecnologia!

Objetivo do Projeto

Desenvolvido para o projeto de número 5 do Ironhack, a proposta consiste num site focado em Editorial Design. Se esse conceito não é tão claro pra você, eu explico: trata-se do alinhamento entre organização do conteúdo escrito ao elementos visuais/estéticos do design tais como fontes, cores, tipografia e hierarquia de informação. Tudo isso, claro, visando levar em consideração o leitor desse conteúdo, em suas subjetividades e desejos mais concretos.

O projeto foi feito em conjunto com meu colega de turma Thibault Barre. …

About

Mariana Souza

Uma socióloga, outsider do mundo da tecnologia que encontrou no design e na engenharia de software uma maneira prática de entender/melhorar a vida das pessoas.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store