Propagandas da Heineken e sua abordagem junto ao público feminino

Não é de hoje que as propagandas de cerveja utilizam uma abordagem voltada ao público masculino em seus anúncios e comerciais. Mulheres semi nuas, falas machistas, chamadas ofensivas, tudo pra soar “engraçadinho” aos ouvidos masculinos. Com a Heineken, por um instante, não foi diferente disso.

Em meados de 2014, perto da final da Champions League, a marca de cerveja lançou a campanha “Shoe Sale” aqui no Brasil em que, simultaneamente à final do jogo, houve uma liquidação de sapatos para as mulheres “não encherem o saco dos maridos” durante o futebol (ha ha ha).

Veja bem, futebol já é em si um meio 99% machista, propaganda de cerveja também, e aí resolveram juntar o inútil ao desagradável de uma forma totalmente ofensiva ao público feminino.

Mulheres não podem assistir a um jogo de futebol? Mulheres não podem gostar de futebol? Mulheres tem que impreterivelmente preferir ir a uma liquidação de sapatos? Nem fodendo.

Em contrapartida, no mesmo ano, a Heineken da gringa lançou uma campanha “Match your half ticket and go to the game”, em tradução livre: “Combine a metade do seu ingresso e vá ao jogo”, que foi o inverso da que rolava aqui no Brasil. Basicamente 3 namorados batalharam para conseguir a outra metade do ingresso que já estavam com suas namoradas (eles não sabiam que elas tinham), e depois de 3 etapas um dos casais ganha. Prático e não ofensivo, né?

Outra campanha da marca, só que esta a nível mundial e fugindo da base “futebol + brejas”, a “Moderate Drinkers Wanted”, que mostra várias mulheres sóbrias ou menos bêbadas, as quais cansam dos homens embriagados e cantam “I Need A Hero” da Bonnie Tyler, incentivando-os a beberem menos. (Essa propaganda representa as mulheres em bares/baladas de um jeito…)

O que podemos dizer é que a Heineken Brasil começou a puxar melhor a abordagem das campanhas gringas da marca e a olhar diferente para as mulheres dentro do mercado de cerveja e do futebol. Claro que ainda há um longo caminho a ser percorrido e essa é apenas a primeira (2016 e a primeira aqui no Brasil) a abraçar as mulheres em ambos os meios inicialmente “para homens”, mas já dá para sentir o alívio que é ter uma campanha de futebol + cerveja diretamente para nós e, principalmente, que zoe com a cara dos homens.

Like what you read? Give Mariana Ribeiro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.