19

ontem acordei com o desespero de te imaginar caminhando porta afora de nós dois.

amanhã acordarei com a certeza de que sempre estamos sozinhos, mesmo acompanhados.

hoje acordo com a luz e a beleza da eterna finitude das coisas ofuscando meus medos e me fazendo saborear cada minuto de infinito que tu me proporcionas.