A percepção do vazio

E outras coisas mais.

Eu já sabia que ia ter que segurar essa barra sozinha, de uma forma ou de outra. E ela tá bem pesada, mais do que eu imaginava.

É difícil conseguir entender esse buraco que tem aqui agora, mas com o tempo tudo se ajeita né? Bom, pelo menos eu espero. Acho que não conseguiria viver assim por muito tempo.

Parece exagero, eu tento dar uma escondida, mas a verdade é muito clara, basta tocar no seu nome que tudo balança.

Se não é amor ou algo maior, eu não sei o que é não. Mas dói pra caralho.

Minha única felicidade agora seria poder estar em teus braços.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.