Carta para você que foi.

Meu amor,
 Queria que você entendesse o que eu penso e sinto por você. Sei que era o que você mais queria que eu fizesse, te entender. Mas eu lhe entendo, sei que tudo é novo para você. Você é tudo novo para mim. Pensei que nunca sentiria algo com tanta força e intensidade por alguém, como eu sinto por você.

Acho que eu criei muitos planos e esperanças para nós dois. E quando você deixou o medo tomar conta de você percebeu que o novo era bom, mas tinha receio demais para continuar comigo, tinha receio de mim, tinha receio dos outros, tinha receio de tudo.

 Não te falei, mas eu estava a ponto de cair em depressão novamente. Não quero lhe culpar pela minha dor e sofrimento. Mas nosso relacionamento estava me afetando da maneira errada, seu amor começou a me machucar.

 Sinto saudades sua e de tudo o que fazia para me ver e me deixar feliz. Sinto saudades de tudo que eu fazia para lhe fazer feliz. Sinto saudades de como nos completávamos, de gestos, palavras, olhares e toques. Tudo foi tão diferente, numa maneira que me fez abrir os olhos e perceber que nenhum garoto é igual, pois você era totalmente diferente e quebrava todos os paradigmas que falam que os homens são insensíveis, iguais, egocêntricos e machistas.

 Mas não, você tinha sentimentos tão verdadeiros e sinceros ao ponto de chorar na minha frente ao expressá-los. Eu admiro tanto você! Por mim, te guardaria em meus braços e não te largaria mais. Faria tudo isso e mais porque eu te amo.

 Acho que fomos rápidos demais, nos sufocamos com nosso otimismo, você me sufocou de amor, eu te sufoquei de expectativa, nos sufocamos de futuro, nos sufocamos com sonhos, nos sufocamos com insegurança, você me sufocou com ciúmes e uma falsa liberdade e depois veio o meu medo.

 Não precisa se desculpar, tudo que devia ser desculpado e perdoado já foi. Nos enchemos de responsabilidade e soubemos lidar. Não guardarei mágoa e muito menos arrependimento. Mas agora, eu só quero que seja feliz. Viva sua vida a partir de uma nova visão, não se acomode com o cotidiano como fizemos, não seja mais um, se destaque na multidão de uma maneira única, não peque por excesso e nem por pouco, seja modesto, continue sincero e seja simpático.

 Sei que quando ler esta carta vai achar fofo, romântico e uma triste despedidas. Não pense que perdeu a garota perfeita para namorar, para casar e ter uma bela vida. Mas eu tenho certeza que posso ter sido a garota que te deixou algo a mais, a garota que te fez falar com quem não conhecia, que te fez dançar, que te fez enxergar um outro jeito de viver, que te fez ir pra igreja, que te forçou a acreditar em signos e te mostrou como sincretizar as coisas.

 Peço que tenha essa visão de mim, não me veja como a vilã sem coração (por mais que meu signo me faça ser assim), não quero que guarde nenhum sentimento ruim em relação a mim, guarde apenas a amizade. Não sei se terei coragem de te dar esta carta. Por mais que em nosso um ano de namoro o que mais fizemos foi trocar cartas, mas essa me dói imaginar vê-lo lendo, vê-lo chorando e depois sua mãe lê-la e chorar junto com você.

 Acho que essa era nossa hora de acordar e fazer diferença em diferentes caminhos. Quem sabe a gente não se encontra lá na frente? Sei que você sabe que te amo e sei que também me ama. Eu te amo. Não esqueça, viva a vida.

Da sua.