Marina
Marina
Apr 30, 2017 · 1 min read

poema de todas as cores do mundo

o sentido é inerente a mim
fez cócegas no
coração saltitou
pelo mundo tem jeito
borboleta amarela
de ser metamórfico
e ser metafórico
um camaleão
rastejou o tronco é marrom
desbravou a folha é verde
senão rosa chá
desapareceu: cor do céu
e do mar é a cor
dos olhos teus

    Marina

    Written by

    Marina

    Cada um de nós é um universo.