Autonomia só funciona se você for responsável e disciplinado

O que mais escutamos hoje em dia é que todos precisam ser autônomos, donos da sua própria vida.

Autonomia: capacidade de governar-se pelos próprios meios.

Ser independente, livre, viver a vida que mais faz sentido pra você, de acordo aos seus valores, pode trazer vários benefícios, desde que você seja responsável e disciplinado.

Responsabilidade: obrigação de responder pelas ações próprias ou dos outros.

Disciplina: ordem, regulamento, conduta que assegura o bem-estar dos indivíduos ou o bom funcionamento.

Sou responsável quando algo dá certo, mas quando não dá certo talvez não seja responsável, pois é mais fácil e natural colocar a ‘culpa’ em outras pessoas ou no externo (ex. trânsito, despertador, mudanças inesperadas, etc).

Sou disciplinado quando estou inserido em um meio que exige isso de mim. E quando estou por conta própria? Aquele livro que não sai nunca, aquele vídeo que tento criar há meses, aquela viagem que não consigo sentar para planejar, a mudança de carreira que só depende de mim e nunca acontece.

Não é à toa que praticamente todo mundo tem ‘chefe’: gerente, diretor, cliente (se trabalha por conta própria). E na vida pessoal também temos chefes: pai, mãe, marido, esposa, avô, avó, até mesmo seu próprio filho(a). Sempre tem alguém ‘mandando’ em você.

Ao invés de reclamar por ter alguém mandando em você, agradeça!

É possível ser autônomo, mas se você não é 100% responsável por suas ações e disciplinado o suficiente para dar continuidade aos projetos que só importam pra você sinto informar que a autonomia não chegará até você enquanto você não procurar se desenvolver o suficiente para chegar até ela.