Ferramentas que Facilitam #3 — Canva

Quando eu conheci o Canva, minha vida mudou.

O Canva é um editor on-line de imagens pra usar sem precisar manjar muito (ou quase nada) de design. Que é o meu caso. Eu não sou ultra habilidosa no Photoshop e por mais que conseguisse editar minimamente o tamanho de uma foto, não conseguia criar uma arte bonitona do zero.

Agora, se pra fazer um post mais ajeitado ou dar uma editada numa imagem pra ficar menos amadora, uso o Canva. Ele é super fácil de usar e se você está lendo este texto, sabe postar uma foto no facebook ou usar o instagram, vai tirar de letra também.

Não precisa baixar nem instalar nada no seu computador e na versão grátis dá pra usar praticamente tudo! Legal né?

Destaco aqui minhas principais dicas sobre como funciona e o que mais gosto no Canva, mais uma das ferramentas facilitadoras de vida da internê. ❤

Como funciona o Canva?

Para começar a criar suas artes maravilhosas, você vai precisar fazer um cadastrinho simples. Usando seu perfil do Facebook você entra em um segundo ou se preferir cadastrar usando o e-mail, em dois segundos. No primeiro acesso ele te mostrará tutoriais para que você se familiarize com as principais funcionalidades e ferramentas.

As aulinhas do Canva deixam tudo mais fácil. Confere lá!

Coisa favorita número 1 no Canva: Essas aulinhas/tutorias tornam tudo mais fácil e ensinam, para além da ferramenta, a criar materiais mais bonitos. Tem dicas de composição de imagem, combinação de cores, escolha de fontes e várias outras aulas que vão te ajudar. Só sucesso, vale conferir.

Uma coisa ruim é que os textos das aulinhas são todos em inglês. Mas copiando os textos e colando no Google Tradutor você vai conseguir saber o que fazer.

Se quiser uma dica extra, delete este box cinza e ele dirá o que precisa ser feito.

Depois do primeiro acesso, a sua tela inicial mostrará:

- opções para começar uma arte nova, na parte de cima
- um menu de funções, na lateral esquerda 
- os layouts já criados por você, na parte de baixo

Tela inicial do Canva.

Minha coisa favorita número 2 no Canva: A pré-configuração de tamanhos de imagem, que destaquei aqui acima com o retângulo vermelho.

Sabe quando você posta uma imagem e o texto aparece cortado, ela fica esticada ou simplesmente parece que o tamanho não era aquele? Pois bem, seus problemas acabaram. Com estas pré-configurações você só precisa escolher onde vai usar a imagem e ela já terá o tamanho certinho!

Tem opções para praticamente todos os principais usos que fazemos hoje em dia das imagens: post de instagram, facebook, gráfico para o pinterest, cartazes, cartões… ixi, possibilidades mil.

Escolha se a imagem vai virar post no Facebook ou se vai virar um cartaz e seja feliz ;)

Caso os tamanhos pré-configurados não te atendam, você também poderá escolher usar um tamanho customizado de imagem, clicando no cantinho superior direito:

Aparecerá um campo para preencher com o tamanho, lembrando que: 
width = largura / height = comprimento.

Depois de selecionar o tamanho que você vai querer para a sua imagem, seja baseado nas pré-configurações ou em um tamanho customizado para você, você entrará na seguinte tela de edição da imagem:

Se você é daqueles que trava ao ver uma tela em branco, sem saber como preenchê-la, lá vem a minha coisa favorita número 3 sobre o Canva: na lateral esquerda da tela de edição, estão alguns exemplos de layouts prontos para você editar. A partir deles, você só altera o texto ou a imagem e transforma aquela composição bonitinha para o uso que você precisa. É isso mesmo, você não precisa criar algo do zero. Navegue nas opções que já vem por ali e arrase. \o/

Ah! E pra cada pré-configuração de tamanho de imagem a ser criada, os layouts são diferentes. Ou seja, se você escolher criar um post de instagram vão aparecer opções diferentes do que se escolher criar um cartaz e assim por diante. Às vezes eu uso essa função só pra me inspirar a criar uma arte nova.

Para editar o layout escolhido, você clica e arrasta o escolhido para a tela em branco. Depois, clicando em cada um dos elementos (texto, formas ou imagens) você verá como editá-los individualmente. O tutorial inicial vai te ajudar a fazer isso ou se ficar com dúvida sobre como fazer isso, espia esta aula aqui.

Caso não queira usar um dos layouts prontos, ou mesmo se ao usá-los você quiser adicionar elementos, o Canva tem muitas opções para usar. Acesse pelo menu lateral e busque por gráficos, ícones, elementos, imagens e texturas para o fundo das imagens.

Quando selecionar um dos elementos, é só clicar e arrastar para a tela em branco. Alguns deles você poderá mudar cores e editar ainda mais com as opções que apareceram acima da tela em branco. ❤

Editar elementos no Canva é facin facin. Praticamente um Paint Brush, mas muito mais profissional.

Um cuidado que você deverá ter é observar se o elemento que você escolheu é de uso gratuito ou pago. Como contei no outro post sobre imagens, alguns itens do Canva são cobrados por uso. O preço é acessível, mas nem sempre vale a pena pagar, se você pode substituir por outro elemento, por exemplo.

Nestas etiquetinhas acima dos elementos você descobre se o uso do item é pago ou gratuito.

Outra funcionalidade que eu adoro e uso muito é o upload de imagens. Com ele eu posso usar imagens minhas para os layouts. Posso escolher fazer o upload de algum arquivo que está no meu computador ou até escolher entre as fotos que eu postei no Facebook. Facilita super.

E por fim, mais uma das funcionalidades que ajuda demais a vida de quem cria suas próprias artes para as redes sociais, são as pré-configurações de identidade visual. Nela você pode deixar uma série de características salvas como: as cores que você mais usa, fontes, logos e afins. Assim, toda vez que for criar uma imagem nova ela seguirá a sua identidade visual. Terá a carinha da sua marca ou projeto, o que ajuda a deixar a comunicação mais clara, organizada e profissional.

Esta é uma das funcionalidades que faz parte do pacote pago, e eu particularmente não testei. Mas acredito que deve ser muito útil para quem não tem um designer na equipe, por exemplo, e precisa criar conteúdos com muita frequência. Dependendo do caso, pode sair beeem mais barato do que contratar alguém para fazer imagens simples.

Nada substitui o trabalho de um bom designer, mas termos autonomia e não precisarmos depender de alguém toda vez que precisamos fazer nossos próprios conteúdos facilita MUITO a vida.

Espero que o Canva te ajude por ai também ;)


Este post faz parte de uma série sobre ferramentas que facilitam a vida na hora de divulgar o seu projeto on-line. São dicas para que qualquer pessoa possa comunicar melhor, mesmo sem estar imerso neste universo.

Essas ferramentas são um pedacinho do conteúdo que oferecemos no Workshop Hell YeahSeu Site Feito Por Você, que ajuda quem quer ter mais autonomia a cuidar dos seus próprios sites. Participe da próxima edição para saber fazer e administrar o seu site.