Playlist nacional de uma vida

Raul Seixas – E assim deu-se inicio a minha vida musical. Lua Bonita é a primeira canção de que recordo ter ouvido ainda recém-nascida. Era entoada pelo meu pai ao me embalar o sono, na rede. Puro amor. O cantor e compositor baiano marcou época e colocou o rock em evidência no país. Toca Raul!

Buena Vista Social Club – Como não amar? Chan Chan é a minha preferida, e não sei como explicar a escolha. Talvez pelo fato dela ter me escolhido. Foi a primeira música que ouvi pelas ruas de Cuba. E tive o privilégio de vê-los cantando ao vivo. Me sinto transcender.

Elis Regina – essa música. ela. Ah…músicas me lembram pessoas. Pessoas me lembram músicas. Música é uma das maneiras mais sublimes de expressar amor. Amor é resistência. Essa canção é resistência. Escute Elis ao menos uma vez na vida. Vai valer cada segundo.

Chico Buarque – Quando não achamos palavras, devemos criá-las? Anos Dourados é, para mim, a síntese da beleza poética. Me lembra a história de amor dos meus pais. Dos 61 anos de casamento e do quão linda pode ser a vida ao lado que quem amamos. Ouvi-la é redescobrir a alma das coisas.

Caetano VelosoReconvexo me remete ao axé puro da Bahia linda de todos os deuses. E de todos os santos. É caminhar pelas ladeiras de Salvador se abrindo a energia daquele povo majestoso. É o vento que sopra a favor do sábio. É beijar a mão que triunfa do alto céu, é saudar Xangô e o Tempo.

Maria Bethânia – É causar como Yansã, raio, trovão e tempestade. É rebolar ao som do atabaque e pedir a benção de ouro de Oxum. Lutar como Ogum e se espalhar como mar, Janaina Yemanjá. Não mexe comigo, é mais que uma música. É mito. É hino. É mantra. Ela é toda maravilhosa, escute sempre Bethânia.

Roberta Sá – Minha preferida, Samba de Amor e Ódio, é incrível. Adoro o ziriguidum, e quando o samba chama, você tem que ir. Não tem, mas eu vou. Roberta é encantadora e dona de uma voz etérea. Faz toda a diferença no dia a dia. Play it!

Zeca Baleiro – Lindo de viver. Escute também ‘Comigo’. Sou romântica e não omito o fato. Nem poderia, afinal está evidenciado em minhas escolhas. Aquele que se deixar levar pelo som e pela irreverência de Zeca, dificilmente se arrependerá. Dar-se-á um caso de amor.

João Gilberto – Um dia ainda faço um poema para este ser humano. Jamais seria a sua altura, bem sei. Para mim, um dos maiores e melhores compositores brasileiros. Todas as suas composições são absurdamente perfeitas, me sinto invadida por centenas de borboletas no estômago, e a mente mareada. Sem exageros. Ouça todas as coleções da bossa nova. Ouça todas de João Gilberto. Aprenda a tocar violão e faça uma serenata à moda antiga. Peça a benção de João, tome um bom vinho e se deleite ao ouvi-lo.

Repeti-vos! Sendo minha favorita, Olha é o tipo de canção que vai me acompanhar a vida inteira. Atemporal, delicada, romântica…tem magia nisso aí! Chico Chico ele expurga qualquer pecado. Cante um pouco de Chico e algum mal será curado.