Gente grande

Sentado aqui espero
Junto à certezas simuladas
A verdade de querer mudanças
Mundanas cobranças.

Sentado nesse trono de latão
Jorro olhares pros que julgam
Na espera da entrada de vida
Cruzo os dedos na esperança.

A tristeza por tantos problemas
Aumenta a coragem por serem menores
Pois a minha reclamação
Terminou quando saí do busão.

Como seria bom só ler um livro
Mergulhar nos problemas imaginários
A angústia de uma péssima história
Mas a certeza do momentâneo.

Vejo os ataques a todo instante
Aguardo a minha vez chegar
Ainda estou na camisa de força
Mas em breve irei me soltar.

Coragem pra enfrentar os leões
Coragem para o matinal despertar
Coragem para sempre trabalhar.
E mais uma senha vai chamar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.