Será que a Bel Pesce aprendeu mesmo a lição?
Bru Paese
1.4K225

Sua crítica é super válida e serve para nos dar uma outra perspectiva sobre a Bel. 
But…na minha singela opinião, a Bel tem seu valor quando a proposta é incitar seu público à prática do empreendedorismo, público esse que acredito ser em sua maioria jovens e que se identificam com ela e a tem como um exemplo de persistência, garra e esforço. Só pelo fato de ter chego ao MIT, ter trabalhado — mesmo que por pouco tempo — no Google ou qq empresa foda que seja, já é um mérito que poucos mortais conseguiram. Se sua experiência no ramo do empreenderdorismo não é grande coisa comparado aos Zuckerberg´s, Gate´s ou Lemann´s da vida, pode ter certeza que já é algo bem substancial comparado a nossa geração “nem-nem”.
Vc mesma disse que conhece pessoas com maior relevância, mas será que elas tem a vontade de espalhar o empreendedorismo aos quatro ventos? Ou se tem, serão que estão sendo efetivos nesse sentido? Afinal que jovem se motivará com uma pessoa que não fala a sua lingua, mesmo ela sendo multimilionária?
Eu considero a Bel e tantos outros empreendedores motivacionais uma porta de entrada para esse fantástico mundo. Experimente dar a uma criança um livro de Machado de Assis e veja o que acontece. Ao invés disso a inicie com um livro do Harry Potter. Ela passa a ter gosto pela leitura e por consequencia passa a consumir livros com mais conteúdo.
Sua crítica é válida, mas para o público que já está acostumado com Machado de Assis.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Marcio Maruyama’s story.