Eu te quis gigante

Te quis como eu nunca quis uma pessoa ou alguma coisa. Eu acreditei nos seus melhores pedaços enquanto os outros só enxergavam suas rachaduras e falhas. Eu te via tanto, que não me enxerguei por muito tempo.

Quebrei diversos bloqueios pessoais acreditando que você me ajudaria a entender que não é errado dividir mundo e fundos, que a vida não precisa ser tão singular. Eu te quis gigante. Meu coração que sempre foi acostumado em conhecer pessoas tão rápido, e tão breve, se acostumou com teu sorriso fraco e te gravou. Definitivamente, eu não me preocupava com mais nada que não envolvesse você.

De mãos dadas e corações separados nós já ficamos juntos inúmeras vezes, descobrimos vários lugares. Foram dias sensacionais. Mas hoje eu escrevo com lágrimas nos olhos entre alguns soluços bestas pra dizer que eu estou te soltando.

Além de te tirar do coração, vai demorar pra te tirar da cabeça, da última vez que eu tentei, eu falhei.

Nesse meio período, algumas coisas aconteceram do lado de cá, acho que você não soube, nem procurou saber. Sempre juntos, mas mais uma vez eu fiquei singularmente sozinha. Existiam alguns apoios e interessados mas como você não estava entre eles, singular. Aquele sorriso fraco, veio a se tornar meu. Foi aí que eu percebi que pro meu bem, eu não devia mais colocar como resultado de vida quem sequer me colocava como soma.

Seus amores não acabam, mas o meu te dá tchau todo dia. Como você me disse uma vez, não adianta eu tentar fantasiar ou disfarçar, é seu jeito. Espero que dessa vez, no meio do caminho que parece ser inverso ao seu, eu volte a sorrir como antes. Modéstia parte, meu sorriso é uma das coisas mais lindas que as pessoas veem por aí, eu não fiz 10 anos de tratamento a toa.

E no fim das contas, eu acho que você me ajudou. Eu ando por aí com o coração triste, mas aberto. Hoje em dia eu acredito que em meio a dias nublados eu possa encontrar outro coração com um sorriso extra guardado no bolso.

Acontecemos e era bom. Espero que lembre disso. De cá eu vou te acompanhar,saiba que te desejo o bem, e que seja gigante. Eu vou ser.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Bárbara Muniz’s story.