Poema pra mim mesmo

Algumas dezenas de vezes

Na própria língua nativa

Te falta fluência

O que vem a mente

É a aparente falta de saber lidar

Lhe dar, como um menino tímido

Que chega de mansinho

Aos parentes pedir bença

A tristeza que a própria

Aparência vem evidenciar

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Mateus Morais’s story.