Você realmente quer saber o que estou pensando?

Nunca soube muito bem, ao certo, como devemos começar a primeira história. Nem como terminá-la. Ao certo, afinal, como devo proceder?

Nunca fora um fato querer contar algumas histórias ou pensamentos soltos através de um lugar como esse no qual escrevo, e talvez essa possa ser a minha primeira história, afinal. Comecemos:

Nunca havia escrito nada aqui, assim como jamais pensado em querer compartilhar algo que, no fundo, as pessoas não desejam ler. O fazem apenas pela curiosidade: “O que será que ele está pensando?”. Pensando bem, isso é o que todos sempre me perguntam (por qual outro motivo, então, tenho tantos amigos no Facebook?- até ele mesmo me faz essa mesma pergunta).

Nunca me perguntaram o que eu estou pensando, assim, diretamente, cara-a-cara. Mas será mesmo que querem saber isso? Ninguém deseja saber tudo o que alguém pensa, e é por isso que esses pensamentos estão sendo selecionados cuidadosamente. Ou não. Mas, de qualquer forma, são pensamentos!

É no meio de tantos nuncas e nuncas que surgem as novas histórias: novas? Surpreendentes? Amedrontadoras? Só o tempo dirá.

Você quer mesmo saber no que estou pensando?