Palmeiras destrói a Saída de bola do São Paulo no Derby

Foto: Estadão

Ao contrario do que vinha acontecendo o São Paulo não fez pressão alta preferiu esperar o Palmeiras dentro do seu campo tendo um postura mais reativa e sempre bem compactado no 4–1–4–1 com Thiago Mendes como extremo substituindo o Cueva e Jucilei de 1° volante , já o Palmeiras foi mais agressivo sempre subindo a marcação e tentando (e na maioria das vezes conseguindo) atrapalhar a saída de bola do rival. Apesar disso nenhuma das equipes criou muitas oportunidades de gols na 1° etapa, Palmeiras teve a maioria das chances criadas em bolas roubadas do campo do rival já o São Paulo consegui alguns contra-ataques e algumas bolas paradas perigosas, o gol só saiu no final do 1° tempo num bola roubada pelo Egidio no campo do SPFC e feito num belo chute do Dudu que pegou o Denis desprevenido, a vantagem do Palmeiras fez o São Paulo mudar o jeito de atuar na partida.

Exemplo de Pressão do Palmeiras no campo do SPFC, sempre fazendo pressão no portador da bola e tentando fechar as linhas de passe do rival
Outro exemplo de Pressão do Palmeiras no campo do SPFC, fazendo pressão no portador da bola e tentando fechar as linhas de passe do rival
SPFC sempre compactado no seu 4–1–4–1 quando o Palmeiras atacava

A entrada do Wellington Nem no lugar do Jucilei deixaria o SPFC mas vertical pra tentar a empate/virada, o problema e que com a saída do volante do meio campo o time ficou mas exposto e mesmo com a entrada do Nem o SPFC não consegui ter um volume de jogo na campo ofensivo o que deixou o Palmeiras bem confortável pra contra atacar no 2° tempo, SEP aproveitava da lenta transição defensiva do São Paulo pra pegar o defesa do rival desarrumada, o 2° e 3° do Palmeiras ocorreram da péssima marcação que o SPFC fazia no 2° tempo.

3° gol do Palmeiras, o time esta com pouco jogadores no lance e a SEP tem superioridade territorial

Palmeiras soube entender melhor o jogo o resultado da fôlego e moral pro Eduardo Baptista, já o Ceni vai tem que rever algumas coisas do seu time.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Matheus Marques’s story.