Pergunto: em 2037 onde você espera chegar com a profissão de publicitário?

A vida é muito corrida. Tenho sentido isso a cada ano que passa. Meu avô, quando eu era criança, me dizia sempre que, a cada ano que se passava, era uma volta inteira que se completava no parafuso da vida. Bom, hoje tenho 23 anos e em 2037, se nenhuma matemática ou qualquer outra força física ou biológica mudarem, terei meus 43. Idade do amadurecimento. Segundo minha mãe, depois que se passa dos 40 tudo começa a despencar. O mais angustiante é que depois que ela falou isso pra mim, algumas dezenas de pessoas já me contaram a mesma coisa.

Bom, como em toda minha vida, eu quero buscar o que me deixa feliz, sem me preocupar com taxas ou pré-intitulações da sociedade. Lógico que com sabedoria e esperteza, mas sem me prender às preocupações que já existem hoje em dia. Não quero ser só mais um que passou por esse mundão. Quero fazer a diferença. E diferença a gente faz com ações, com gestos, com amor a si e ao próximo. Ah, e a principal diferença mesmo se faz com trabalho, e eu pretendo trabalhar MUITO, seja profissionalmente ou pessoalmente falando. Com 43 voltas no parafuso, sei que nada vai ser fácil, quando a gente vai chegando mais perto de finalizar o enroscamento fica cada vez mais difícil concluir a ação, mas com calma, competência e trabalho tudo pode se tornar mais fácil. Ou melhor, essas 43 voltas não são nada, acho que não são nem metade das voltas que o parafuso da minha vida vai dar.

Quero tentar, tentar de tudo, de todos os jeitos e maneiras, mas sempre com três paixões: o audiovisual, o esporte e a música. Esses 3 serão os alicerces da minha vida de agora em diante. Já são e vão continuar sendo. Com eles vou montar minha empresa e sempre estar ao lado de pessoas que comprem a briga junto comigo. Sei que vou encontrar nessa caminhada. Já encontrei alguns na faculdade e vai ser assim na vida. Publicidade nada mais é do que relacionar. E estar com o outro é comigo mesmo, até vibro de emoção em uma conversa.

Meu professor sempre diz: Cuide-se. Sempre. Muito. Eu, com toda a liberdade me permiti mudar uma palavra. Minha frase de hoje em diante será: Seja. Sempre. Muito.